O youtuber  Felipe Neto está novamente sendo algo de críticas nas redes sociais. Isso porque um vídeo de 2016 em que ele se gaba de estar na área VIP de uma balada que custa $ 20 mil dólares voltou a circular. O nome do influenciador digital está entre os mais comentados do Twitter nesta segunda-feira (27) e ele já se posicionou sobre os ataques.

Felipe Neto
Reprodução/Twitter
Felipe Neto


No polêmico vídeo, Felipe Neto aparece dizendo: “Quero que o mundo se foda porque eu estou no camarote do lado do DJ que custa uns 20 mil dólares”. Em outro trecho, ele fala: “Aí você diz: ‘Felipe, você é um metido’. Eu estou bêbado e foda-se”.

Através da sua assessoria, o youtuber explicou que o vídeo do início de 2016é de quando Felipe ainda não dialogava com o seu público atual e, por isso, ainda não havia reformulado seu conteúdo. Na ocasião, ele viajou para Las Vegas (EUA), local em que estava gravando uma websérie chamada “Las Vegas Real”. Ainda segundo a assessoria, na produção, Felipe estava interpretando um personagem que ostentava, no estilo "rei do camarote".



As imagens foram comparadas a trechos da entrevista que o youtuber deu recentemente ao “Roda Viva”, na TV Cultura, em fez um discurso sobre igualdade. Nas redes sociais, o assuntou está sendo muito comentado.


Com a repercussão, Felipe Neto decidiu se pronunciar: “O que essa turma da articulação do ódio faz contra mim é algo tão perverso, tão doentio, tão maldoso, que eu não desejo que isso aconteça nem contra eles próprios”.


A polêmica acontece após o youtuber ganhar visibilidade internacional por  gravar um vídeo para o ‘The New York Times’, um dos mais notáveis jornais do mundo, dizendo que Jair Bolsonaro é o prior presidente do mundo durante esse período de pandemia.

    Veja Também

      Mostrar mais