Na última quinta-feira (04), foi ao ar uma entrevista concedida pelo chef Henrique Fogaça , jurado do " MasterChef ", ao Canal do Datena , mantido por José Luiz Datena no Youtube.

Leia também: Tratando um câncer, repórter da Globo está com coronavírus: "Covid desgraçada"

Henrique Fogaça, jurado do Masterchef
Divulgação
Henrique Fogaça, jurado do Masterchef

Durante o papo, que também teve a participação do cantor Lobão, Henrique Fogaça revelou que precisou fechar um de seus restaurantes por causa da pandemia do novo coronavírus (Sars-coV-2). O estabelecimento é situado dentro de um shopping no Rio de Janeiro. 

Leia também: Jornalistas brigam ao vivo por causa de suposto remédio para Covid-19; assista

"Um mês você segura; dois meses você vai pro buraco", afirmou o jurado do "Masterchef", da Band . Além disso, Fogaça também contou que precisou demitir 200 funcionários dos três estabelecimentos pertencentes a ele no Rio - ele tem outros dois empreendimentos em São Paulo.

O prejuízo estimado por ele por conta do fechamento dos bares e restaurantes é de R$ 500 mil. "Só nesses quatro meses, estamos com meio milhão de prejuízo. É complicado: o shopping é tipo um sócio seu, participa com 8% de faturamento do grupo, tem que pagar ajuda de fundo, etc. Shopping explora e suga tudo", detalhou. 

Leia também: MC Kevin fura isolamento e testa positivo para Covid-19

Contando com a reabertura dos restaurantes paulistanos no próximo dia 15, Henrique Fogaça revela estratégias para manter sua clientela segura. "Vão ter mesas com distanciamento. Tenho 100 lugares, vou abrigar 50 pessoas. Será uma nova forma de trabalho", pontuou. Assista a entrevista na íntegra.



    Veja Também

      Mostrar mais