O ator canadense Nick Cordero , de 41 anos, está internado em estado grave por causa do novo coronavírus . Apesar de ser aconselhada pelos médicos a se despedir do marido, Amanda Kloots disse que ainda tem esperanças na recuperação do astro da Broadway .

Nick Cordero
Reprodução
Nick Cordero


Leia também:

Aos 90 anos, atriz Daisy Lúdici morre de Covid-19
Tratando câncer, repórter da Globo está com coronavírus
MC Kevin testa positivo para o novo coronavírus

“Algumas vezes me disseram que ele não resistiria”, desabafou Amanda em seu Instagram. “Me disseram para me despedir dele. Me falaram que a recuperação dele seria um milagre. Mas eu tenho fé. Às vezes é difícil manter a fé, mas ela é tudo o que você tem”, completou a dançarina.


O ator começou a apresentar os sintomas da Covid-19 no mês passado, quando teve que ser internado em uma UTI e entubado. No início de maio, ele acordou após semanas em coma induzido no Centro Médico Cedars-Sinai, em Los Angeles, o que encheu a todos de otimismo. Mas, logo depois, o quadro dele começou a piorar de novo.

Nick Cordero já sofreu consequências séria por causa do novo coronavírus. Em abril, a perna direita do ator foi amputada por causa de coágulos sanguíneos. Além disso, ele também sofreu um choque séptico, dois pequenos derrames, tem de usar um marca-passo temporário em seu coração e fazer hemodiálise diariamente.

Mas  Amanda Kloots , que tem um filho de um ano com Cordeiro, não perde as esperanças: “Ele ainda está aqui e onde há fé, há esperança. Milagres acontecem! Como meu pai disse desde o primeiro dia, todos os dias ele ainda está conosco é um milagre. Acredito que Deus está conosco, com os médicos e com Nick”.

    Veja Também

      Mostrar mais