A atriz Lea Michele se envolveu em uma nova polêmica na última quarta-feira (3). Após ser acusada de racismo pela atriz Samantha Marie Ware , a artista, que protagonizou a série musical “Glee”, teria sido transfóbica com a atriz e modelo trans Plastic Martyr .

Lea Michele, Plastic Martyr
Reprodução/Instagram
Lea Michele está sendo acusada de transfobia por Plastic Martyr


A artista trans fez um comentário no Instagram, que acabou sendo divulgado no Twitter, dizendo que o primeiro encontro com Lea, na premiação Emmy, foi bem desagradável. Ela contou que foi ao banheiro e, na época, ainda estava em processo de transição. Quando a protagonista de “ Glee ” entrou no local, ela teria dito o seguinte a modelo: “Com licença, você sabe que está no banheiro feminino, né?”.

Leia também: GloboNews é criticada por colocar só comentaristas brancos para debater racismo

Após ouvir esse comentário, Plastic Martyr revelou que se sentiu muito mal. “Eu me lembro que estava me sentindo linda aquele dia, e saí daquele banheiro me sentindo extremamente envergonhada”, declarou.

As polêmicas envolvendo Lea Michele começaram quando a atriz postou uma mensagem de apoio a George Floyd, homem negro que morreu nos Estados Unidos após ser abordado por um policial branco. Samantha Marie Ware respondeu o post dizendo que a atriz transformou a vida dela em um “inferno” nos bastidores de “Glee” e que chegou a falar que “cagaria na peruca” dela. Lea pediu desculpas nas redes sociais.

    Veja Também

      Mostrar mais