No final de março, Antonia Fontenelle gravou um vídeo para seu canal no YouTube com Malga di Paula , viúva de Chico AnysioElas falaram sobre a vida do humorista e também comentaram sobre as disputas envolvendo o testamento deixado por ele. Após mais de meses da publicação, a apresentadora recebeu uma notificação dizendo que terá que tirar o vídeo do ar e alegou que está sofrendo censura, como ela mesma contou em um vídeo publicado no Instagram. 

Antonia Fontenelle
Reprodução/Youtube
Anotnia Fontenelle diz que está sofrendo censura


Paulo Cesar Pimpa da Silva é o advogado do humorista e representava Malga. No vídeo que a viúva gravou com Fontenelle, a entrevistada diz que estava havendo um conflito entre Pimpa e a família de Chico. Além disso, ela argumenta que o trabalho prestado estaria sendo "absurdo e incompetente". 

Alegando que teve sua competência contestada, Pimpa entrou com um processo na Justiça contra Antonia, Malga e a Jovem Pan, com quem a apresentadora tem uma parceria.  O advogado pede uma indenização de R$ 30 mil reais e que o vídeo seja retirado do ar em 48 horas, com a cobrança de uma multa diária caso isso não seja feito.

"O que estão querendo fazer é me amordaçar", rebate Fontenelle. "Meu canal tem seis anos, é um veículo de comunicação. Eu presto um serviço. O que um convidado fala a respeito de quem quer que seja, não é de responsabilidade minha. Eu apenas ouço , não faço juízo de valor. Vejo claramente uma tentativa de amordaçar a imprensa, de calar a boca da gente", falou a apresentadora. A loira argumenta que não fez juízo de valor no vídeo, apenas deu espaço para o entrevistado falar e garante que os advogados dela estão trabalhando para que o vídeo não tenha que sair do ar.



    Veja Também

      Mostrar mais