Mais um capítulo da briga pela herança de Gugu Liberato se encerra. O chefe de cozinha e empresário Thiago Salvático desistiu do processo judicial para ter direito aos bens deixados pelo apresentador . Na última sexta-feira (29), os advogados do empresário entregaram a decisão ao juiz José Walter Chacon Cardoso e ela foi publicada no diário oficial nesta segunda-feira (1). 

Thiago Salvático e Gugu Liberato
Reprodução/Instagram
Thiago Salvático e Gugu Liberato


"Thiago Borges Salvático, por seus advogados,  nos autos da ação de reconhecimento de união estável post mortem movida contra João Augusto Di Matteo Liberato e outros, em curso perante esse juízo, vem respeitosamente à presença de V. Exa., com fundamento no artigo 485, parágrafo 5º do Código de Processo Civil (CPC), desistir da presente demanda, por razões de foro íntimo. Nesse contexto, o autor requer se digne V.Exa. de  homologar por sentença a presente desistência, sem resolução do mérito, nos termos do artigo 485, inciso VIII, do CPC", dizia o documento entregue ao juiz, o qual o site Notícias da TV teve acesso.

Assim como Rose Miriam Di Matteo , Salvático desejava que a Justiça reconhecesse uma união estável entre ele e Gugu. O chefe, que mora na Alemanha, diz ter conhecido o apresentador em 2011 e ter vivido um relacionamento de quase oito anos com o funcionário da Record.

Agora, Salvático desistiu de reivindicar direito aos bens de Gugu e só a mãe dos filhos do comunicador segue nessa disputa. Porém, o suposto namorado do apresentador q uer que os réus do processo (irmãos, mãe e filhos de Gugu) paguem uma indenização de R$ 100 mil e arquem com as despesas processuais dele.

    Veja Também

      Mostrar mais