No último domingo (04), a jornalista Sônia Bridi , responsável por uma reportagem que abordava a possibilidade de a Covid-19 ser transmitida pelo ar, rebateu o comentário de uma internauta que pediu que Globo mostrasse "hospitais vazios" no Brasil, durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-coV-2).

Leia também: Globo deixa atores "desamparados" e sem contratos até o fim da pandemia

Sônia Bridi
Reprodução
Sônia Bridi

"Será possível transmitir o coronavírus pelo ar? Pesquisadores e autoridades chinesas juntaram técnicas de investigação criminal e ciência para resolver esse mistério", escreveu o perfil do "Fantástico no Instagram.

Leia também: CNN estaria de olho em jornalista da Record demitido e trocado por ex-Globo

"Não. Seria melhor começar a falar das pessoas curadas e hospitais vazios. E que o vírus foi fabricado na China", afirmou a mulher, em resposta a pergunta. Ao ler o pedido da internauta, Sônia Bridi  replicou. "É reportagem, não é filme de ficção onde cabe a sua imaginação".

Leia também: Band atrasa pagamento de dívida milionária que tem com a Globo

Vale ressaltar que, até a última sexta-feira (01), a ocupação dos leitos de UTI para pacientes da Covid-19 já era superior a 70% em ao menos seis Estados, como Espírito Santo, Pará, Ceará, Amazonas, Pernambuco e Rio.

    Veja Também

      Mostrar mais