Nesta semana, a juíza Renata Oliveira e Castro, da 50ª Vara Cível do Rio de Janeiro, negou recurso pedido pela defesa de Olavo de Carvalho, em ação que envolve o próprio e Caetano Veloso.

Leia também: Caetano Veloso processa Alexandre Frota e ator tira sarro cantando

Caetano Veloso
Divulgação
Caetano Veloso

Leia também: Com bom humor, Caetano Veloso relembra o dia que estacionou o carro no Leblon

Na liminar, a defesa de Olavo de Carvalho tentava eliminar a multa de R$ 2,8 milhões que ele deve pagar a Caetano Veloso. No entanto, a juíza considerou sem fundamento a extinção da sentença – que foi estabelecida em 2017.

Leia também: Caetano Veloso canta funks atuais e vídeo toma conta da internet

Caetano Veloso  e Olavo travam batalhas judiciais desde 2017, quando o autoproblamado filósofo começou a usar suas redes sociais para disseminar conteúdo ofensivo ao cantor, chegando a relacioná-lo com casos de pedofilia. Nas quatro decisões judiciais publicadas até o momento, o cantor venceu todas.

    Veja Também

      Mostrar mais