O cantor e compositor Moraes Moreira foi encontrado morto na madrugada desta segunda-feira (13) em sua casa no Rio de Janeiro. O artista tinha 72 anos e a causa da morte, segundo divulgado por sua assessoria de imprensa, foi um Infarto Agudo do Miocárdio. Com mais de 60 discos gravados em toda carreira, o cantor ficou conhecido por integrar o conjunto Novos Baianos .

Leia também: TV Brasil gera polêmica ao "censurar" música de Arnaldo Antunes

Moraes Moreira morre aos 72 anos
Reprodução/Instagram
Moraes Moreira morre aos 72 anos


Eduardo Moraes, irmão do cantor, disse ao G1  que a morte de  Moraes Moreira pegou a família de surpresa: "A gente não sabe direito o que ocorreu. Nem eu, nem as irmãs sabemos". O cantor foi encontrado morto logo cedo, quando a emprega doméstica chegou para limpar o apartamento. Segundo o irmão, ele morava sozinho.

Trajetória do artista 

A carreira do cantor e compositor começou como tocador de sanfona de doze baixos nas tradicionais festas de São João e outros eventos típicos na sua cidade natal, Ituaçu, na Bahia. Foi na adolescência que ele aprendeu a tocar violão e, em paralelo a isso, estudava ciências em Caculé, outro município baiano.

Leia também: "Dá força para a sua mãe namorar", aconselha Zabelê, filha de Baby do Brasil

Você viu?

Com 19 anos, ele se mudou para Salvador e passou a estudar no Seminário de Música da Universidade Federal da Bahia, local em que conheceu Tom Zé, Luiz Galvão e Paulinho Boca de Cantor Moraes. Em 1968, os artistas criaram um espetáculo que acabou dando origem aos Novos Baianos, grupo no qual Baby Consuelo (agora Baby do Brasil) e Pepeu Gomes também fizeram parte.  

Novos Baianos foi um conjunto musical brasileiro que nasceu na Bahia no início da década de 70
Reprodução
Novos Baianos foi um conjunto musical brasileiro que nasceu na Bahia no início da década de 70


O disco de estreia foi “Ferro na boneca”, mas o álbum que consagrou os Novos Baianos foi o “Acabou chorare”, de 1972. O grupo marcou uma década com um trabalho que misturava samba, rock, bossa nova, frevo, choro e baião. Moraes Moreira ficou no grupo de 1969 a 1975 e depois seguiu carreira solo. Em 1976, ele fez história ao ser o primeiro cantor a subir em um trio elétrico de Dodô e Osmar e cantou o sucesso “Pombo Correio”.

O grupo Novos Baianos se reencontrou em 1997 para lançar um disco ao vivo com os grandes sucessos e também com novas composições. Dez anos depois, em 2007, ele lançou o livro “A História dos Novos Baianos e Outros Versos” em formato de cordel contando a história do grupo.  

Leia também: Pandemia não vai afetar cronograma de "Guardiões da Galáxia 3", diz diretor

A última postagem de Moraes Moreira nas redes sociais foi em março fazendo uma reflexão sobre a pandemia do novo coronavírus.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários