Já que não está podendo dar seus pitacos nas telinhas, Rachel Sheherazade tem aproveitado as redes sociais para criticar o governo de Jair Bolsonaro e os ataques que tem sofrido dos eleitores do presidente.

Leia também: Regina Duarte acata chamado de Bolsonaro contra o Congresso

Jornalista Rachel Sheherazade arrow-options
Divulgação / SBT
Rachel Sheherazade


Nesta quinta-feira (27), Rachel Sheherazade disse em seu Twitter que tem sofrido ameaças na internet desde criticou Bolsonaro na greve dos caminhoneiros, quando ele ainda era candidato. "Campanhas difamatórias, ataques em massa, ameaças de morte, ameaças contra meus filhos têm sido uma rotina desde que ousei criticar o então candidato Jair Bolsonaro, ainda no episódio da greve dos caminhoneiros em 2018."

Leia também: Marcelo Adnet bomba nas redes depois de imitar Bolsonaro na Sapucaí

A jornalista disse ainda que ela e muitas outras colegas de profissão têm sofrido o mesmo que ela, pois o presidente "tira proveito do ódio que semeia", como quando atacou o trabalho de uma jornalista durante um discurso. "Não posso afirmar que o presidente está no comando desses ataques a jornalistas, seria leviano. mas não há como negar que ele tira proveito do ódio que semeia. É esse ódio que inspira seus discípulos, que encoraja os covardes, que põe em cheque a própria liberdade de imprensa."

Leia também: Titãs, Arnaldo Antunes e Nando Reis repudiam uso da canção em apoio a Bolsonaro

Rachel Sheherazade aproveitou para questionar até quando os jornalistas sofrerão com ataques de ódio deste tipo e lembrar a importância da profissão na sociedade.











    Veja Também

      Mostrar mais