Tamanho do texto

Paulo Vieira resolveu se posicionar sobre as críticas que o especial de Natal do "Porta dos Fundos" vem recebendo; ele foi irônico e deu seu recado

O especial de Natal do “ Porta dos Fundos ”, que foi produzido para a Netflix, gerou polêmica esta semana. Isso porque, Jesus é retratado como gay e usuário de drogas. As brincadeiras desagradaram principalmente os cristãos mais conservadores e Paulo Vieira , comediante da Globo que possui um quadro no “Se Joga”, decidiu se posicionar.

Leia também: Fábio Porchat é acusado de blasfêmia por elogiar filme com Jesus gay

Paulo Vieira arrow-options
Reprodução/Instagram/@paulovieira.oficial
Paulo Vieira defendeu o "Porta dos Fundos"

Leia também: Integrante do "Se Joga" gera polêmica nos bastidores da Globo; saiba o motivo

“Com a repercussão negativa do especial do Porta dos Fundos, o Brasil tá dando o seu recado: JESUS QUE VOLTE HETERO CUSPINDO NO CHÃO, se voltar gay, ou mesmo afeminado é cruz de novo! Vamos matar até vir uma versão TOP. Jesus , a única coisa que evoluiu em 2 mil anos foram os pregos”, escreveu o comediante no Twitter.

Leia também: Fábio Porchat não quer lacração em seu novo programa no GNT

Em outra publicação, o integrante do “ Se Joga ” ainda acrescentou: “Assinado: Paulo Vieira, cristão, católico, batizado, crismado, frequentador da missa, alinhado com o Papa, ZERO ofendido com esse especial e extremamente ofendido com as igrejas e líderes religiosos preconceituosos e exploradores”.

    Leia tudo sobre: gay