Tamanho do texto

No ar nas séries norte-americanas "Reprisal" e "Westworld", o ator brasileiro falou sobre a carreira no exterior

Rodrigo Santoro estampa a capa da Alexa, editoria de cultura do jornal New York Post , dos Estados Unidos. Na entrevista para o periódico, o ator de 44 anos foi chamado de "Brad Pitt do Brasil".

Leia também: Humorista do "Se Joga" diz que se Jesus voltar gay é "cruz de novo"

Rodrigo Santoro é comparado ao Brad Pitt por jornal norte-americano arrow-options
Reprodução/Instagram/@rodrigosantoro
O ator Rodrigo Santoro foi chamado de "Brad Pitt do Brasil" pelo jornal New York Post

No artigo publicado pelo jornal, Rodrigo Santoro , que vive nos Estados Unidos há anos, fala sobre a carreira e diz que nunca pensou em morar no exterior. "Minha vida no Brasil foi perfeita. Minha carreira foi ótima. Eu mal falava inglês. Eu não conseguia nem juntar algumas palavras. Então, fui abordado por agentes e pensei: 'Como nos filmes? Como Hollywood? Você está brincando comigo?'", contou ele.

Leia também: Tirulipa e Whindersson filmam Cauã Reymond fazendo xixi; assista

A reportagem ressalta que o " Brad Pitt do Brasil" está em evidência e comenta o sucesso que ele fez durante a New York Comic Con. "Estou tendo o momento da minha vida", celebra Santoro.

O artigo também cita a família do ator. Ele é casado com a modelo, atriz e cantora brasileira, Mel Fronckowiak, com quem tem uma filha, chamada Nina, de dois anos.

"Ela [filha] é minha maior professora. Gosto de observá-la, mais do que brincar com ela e ensiná-la. Ela não gosta de brinquedos. Ela gosta da natureza e brincar de esconde-esconde. Ela nasceu dançando. Ouvimos música e dançamos todos os dias. Ela me ensinou muito sobre a condição humana", disse ele.

Leia também: Alinne Moraes abre o jogo sobre contracenar com o ex: "Não é a primeira vez"

Santoro está com barba longa, que foi cultivada por três meses, e destacou as dificuldades em gravar "Reprisal", série em que dá vida a Joel Kelly. "A barba no calor é... quente. É muito úmido na Carolina do Norte, e nós filmamos durante todo o verão. Joel sua muito, e isso se tornou parte do personagem. Aquele suor que você vê na tela é real", afirma ele.

Além dessa série, Rodrigo Santoro também tem na rotina as gravações de "Westworld", que são feitas em Los Angeles.