Tamanho do texto

Ao ser questionada sobre a polêmica, a jornalista Carla Vilhena negou maldade em suas críticas e ainda revelou problemas com cabelo na emissora

Há pouco tempo, Carla Vilhena deu o que falar ao fazer críticas a Maju Coutinho nas redes sociais. Mesmo após pedir desculpas, a jornalista continua sendo questionada sobre o assunto e em uma recente entrevista ao "TV Fama", ela deu mais detalhes sobre sua atitude e negou ter sido maldosa em suas palavras.

Carla Vilhena arrow-options
Divulgação/TV Globo
Carla Vilhena

"Eu errei ao não ter a percepção de quem eu estava falando. Não estava falando de uma pessoa qualquer, mas de uma pessoa que é um símbolo de muitas pessoas, como exemplo a ser seguido", falou  Carla Vilhena sobre o assunto.

Leia também: Carla Vilhena chorou ao deixar "Bom Dia SP" e já dormiu na garagem da Globo

Depois das declarações contra  Maju Coutinho , a jornalista foi apontada como racista e se desviou das acusações explicando: "Eu sou tão não racista que não atentei para a cor da pessoa e para o passado de ataques a outras pessoas".

Leia também: Ex-contratada da Globo, Carla Vilhena chama funk de "porcaria" e "nojeira"

Por falar em racismo,  Carla Vilhena aproveitou para dizer que sofreu veto da Globo por tentar usar seu cabelo natural, como Maju. "Tentei usar muitas vezes meu cabelo que é crespo, mas nunca me foi permitido. O anterior do anterior diretor de jornalismo da Globo vetou expressamente meu cabelo. No 'Jornal Hoje' foi vetado e no 'SPTV' também".