Tamanho do texto

Imbróglio começou quando Felipeh Campos decidiu opinar sobre a briga entre a carioca e Ludmilla, envolvendo a música Onda Diferente

Na última quinta-feira (31) o jornalista Felipeh Campos, do programa "A Tarde É Sua", polemizou ao opinar sobre a briga entre Anitta e Ludmilla. À ocasião, ele insinuou que a cantora deveria morrer ao dizer que ela tinha que “tomar um remedinho e dormir eternamente”.

Leia também: Fama de encrenqueira de Anitta gera expectativa de briga com Marília

Anitta arrow-options
Reprodução / Instagram
Anitta


Leia também: Ludmilla sofre racismo e Anitta sai em sua defesa: "Abominável"

Após o comentário, a própria Anitta veio à tona defender-se. “Inacreditável uma pessoa receber visibilidade pública em TV aberta para dizer que alguém deveria tomar um remédio e dormir para sempre. As pessoas precisam urgente de senso e de responsabilidade”, disse.

Leia também: Com seios de fora, Anitta faz festão de Halloween cheia de famosos

Aproveitando o momento, Anitta  também falou sobre racismo sofrio por Ludmilla . “Inaceitável que alguém possa se achar no direito de chamar um negro de macaco ou tentar reduzi-lo como um ser humano inferior. Melhorem. Isso é crime e absolutamente abominável”.

    Leia tudo sobre: Anitta