Tamanho do texto

No texto de despedida, ela pediu para ajudarem a filha dela a superar a perda

IstoÉ

Daphne Dorman , atriz e comediante trans norte-americana, cometeu suicídio aos 44 anos, logo após deixar uma mensagem de despedida em seu Facebook. A artista era uma figura ativa na comunidade LGBTQ+ de San Francisco, nos EUA.

Leia também: Famosos que já pensaram em suicídio e falaram abertamente sobre o assunto

Daphne Dorman e a filha arrow-options
Reprodução/Facebook
Daphne Dorman cometeu suicídio e deixou uma filha


Leia também: Netflix retira cena de suicídio explícito de “13 Reasons Why”

“Eu sinto muito”, escreveu Dorman no início de seu post. “Eu já pensei muito sobre isso essa manhã. Como você diz ‘adeus’ e ‘sinto muito’ e eu te amo’ para todas as almas lindas que você conhece? Pela última vez. Não há uma solução boa. Foi o que concluí de todos os meus pensamentos. Para aqueles que estão bravos comigo: por favor, me perdoem. Para aqueles que acham que falharam comigo: vocês não falharam. Para aqueles que acreditam que eu tenha falhado com eles: eu falhei, eu peço desculpas e espero que vocês se lembrem de mim em momentos melhores e de forma mais iluminada”.


Leia também: Carlinhos Maia é criticado após comentários insensíveis sobre suicídio

“Eu amo todos vocês. Eu sinto muito. Por favor ajuda a minha filha, Naia, a compreender que nada disso é culpa dela. Por favor lembrem a ela que eu a amei com todas as fibras da minha existência”, finalizou a atriz. A morte de Dorman foi noticiada pelo New York Daily News .