Tamanho do texto

Modelo ficou conhecida em 2009 ao desfilar pela marca Complexo B no Fashion Rio. Ela também já atuou em novelas como "Salve Jorge"

Morreu no último sábado (06) a modelo transexual Patrícia Araújo, aos 37 anos. De acordo com informações do Jornal Extra , ela estava internada há 10 dias e sofria de depressão. A causa da morte, porém, não foi informada.

Leia também: Modelo Caroline Bittencourt desaparece no mar após vendaval atingir barco

patricia araujo
Reprodução/Instagram/@tspatriciaaraujo
Patrícia Araújo

A modelo  foi alçada a fama em 2009, quando desfilou pela Complexo B no Fashion Rio. Na época estreando na profissão, ela já fazia sucesso no Carnaval carioca, sendo até mesmo escolhida como musa de um dos camarotes da Sapucaí. Patrícia Araújo foi destaque na Avenida pela Mocidade Independente de Padre Miguel, onde desfilou por vários anos.

Leia também: Ex-modelo e capa da Vogue sofreu golpe e dorme nas ruas de Barcelona

Além das passarelas e das avenidas, Araújo também se arriscou como atriz. Ela fez uma participação em “Salve Jorge” como  uma das vítimas de tráfico de mulheres, assim como Morena (Nanda Costa). Glória Perez, autora do folhetim, comentou sua morte no Twitter: “Que triste!!! Tão bonita, tão jovem!! Fez #SalveJorge comigo”, se limitou a dizer.

Leia também: Modelo que morreu no Fashion Week teve cardiopatia, aponta IML

Quem também lembrou os feitos de Patrícia Araújo foi Beto Neves, estilista da Complexo B : “Há exatamente 10 anos ela apareceu na minha vida. Brilhou na passarela e sem querer me mostrou um pouco de como é difícil ser diferente. Sábado ela subiu, virou estrela. Nunca vou te esquecer. Arrasa!!!”, escreveu no Instagram.