Tamanho do texto

No ar em Malhação, a atriz chocou a internet com uma foto em protesto ao uso de penas no carnaval e questionou os seguidores: “e se fosse contigo?”

Fernanda Paes Leme usou as redes sociais para alertar e conscientizar os seguidores quanto ao uso de penas de aves nas fantasias de carnaval e postou uma foto criticando o ato de depenar aves na manhã desta segunda-feira (04). Na imagem, Fernanda aparece com as costas machucadas e sangrando, como se penas tivessem sido arrancadas de sua pele. A intenção é gerar um debate em torno da questão: “e se fosse contigo?”.

Leia também: Fernanda Paes Leme aparece completamente nua para ensaio de projeto .

Fernanda Paes Leme protesta contra o uso de plumas de animais no carnaval
Reprodução/Instagram
Fernanda Paes Leme protesta contra o uso de plumas de animais no carnaval


“O lado triste do carnaval ninguém quer ver. Aves são depenadas vivas e têm sua plumagem roubada para virar adereço. Muita gente acha que aquilo que desfila na avenida são fantasias artificiais, quando, na verdade, são naturais”, afirmou Fernanda Paes Leme na publicação.

“Algumas espécies são exploradas continuamente, ano após ano, e, em vez da morte, recebem a escravidão. Essa indústria da tortura também os depena para enxovais que são recheados de crueldade. Como alguém pode pôr a cabeça no travesseiro e dormir tranquilo sabendo que para o seu repouso foi preciso tanto sofrimento e tortura? Pense. E se fosse contigo?”, escreveu a atriz na legenda.

Muitos fãs usaram os comentários para manifestar apoio à atitude da atriz. “Campanha maravilhosa, parabéns. Que mais pessoas, sendo artistas ou não, se conscientizem também”, escreveu um seguidor. “Por mais defesa dos animais sempre! A foto diz tudo!”, pontuou outro.

Leia também: Prontas para a folia! Famosas que já estão vivendo o carnaval 2019 .

“Parabéns pela transformação, Fernanda. É primordial que tenhamos esperança por um mundo melhor, assim como que possamos enfatizar o trabalho desenvolvido pela causa animal de forma a conscientizar e prevenir o crime de maus tratos. Somos gratos por sua disposição e atitude nobre!”, declarou um internauta.

“Parabéns Fe... você falou o que muitos pensam....mas nossa voz não tem força como a sua”, falou um usuário do Instagram.

Outros ressaltaram que não faziam ideia de que as plumas eram verdadeiras. “Nossa, eu achava que era tudo artificial! Que dó, gente”, comentou uma seguidora.

Fernanda Paes Leme não está sozinha

Luisa Mell explica como as plumas são retiradas das aves
Reprodução/Instagram
Luisa Mell explica como as plumas são retiradas das aves

Fernanda não é a única a usar as redes sociais para protestar. Em fevereiro do ano passado, também na época do carnaval, a ativista Luisa Mell explicou como as plumas são retiradas dos animais.

“Para arrancar as penas das aves , são usadas técnicas como a do zíper: elas são levantadas pelo pescoço, as pernas amarradas e então as suas penas são arrancadas. Esse processo provoca dor, sofrimento e as deixam expostas ao sol e a infecções graves. A luta dos animais durante este processo chega a provocar fraturas. Os avestruzes, que vivem aproximadamente 40 anos, todos os anos sofrem com essa brutalidade. É que as penas desses animais são uma verdadeira mina de ouro: uma única pena de faisão, por exemplo, pode chegar a custar 100 reais. Mas existem centenas de outros materiais. Mas infelizmente a maioria continua achando chique vestir penas verdadeiras, lotadas de dor e sofrimento. Lutarei até o fim por um carnaval sem crueldade!”, relatou a defensora dos animais. 

Leia também: Fernanda Paes Leme exibe curvas de biquíni em Noronha .

Na divulgação de Fernanda Paes Leme , muitos internautas marcaram Luisa Mell nos comentários com a intenção de promover mais engajamento à campanha.