Tamanho do texto

Em entrevista Bruna Linzmeyer fala sobre feminismo, militância e religião; prestes a retornar às telas da Globo, atriz conversou com a Revista Glamour

A partir deste dia 1º de novembro Bruna Linzmeyer estará nas bancas de jornal estampada na capa da Revista Glamour . A atriz de 25 anos, que retorna às telas como Lourdes Maria na trama de Aguinaldo Silva, “O Sétimo Guardião” , conversou com o veículo sobre assuntos de tensão como militância, religião, padrão de beleza e feminismo.

Leia também: Bruna Linzmeyer curte praia com "manas hétero" e brinca sobre personagem na web

Bruna Linzmeyer estampa capa da Revista Glamour
Divulgação
Bruna Linzmeyer estampa capa da Revista Glamour

Catarinense, que hoje vive no Rio, Bruna Linzmeyer adora a palavra “sapatão” e vive usando-a em seu Instagram. “Amo a forma como a comunidade quer se apropriar do xingamento e o transforma em algo bom. Você não vai me xingar dizendo o que eu sou. Pode buscar outra forma de lidar com seu preconceito”, diz ela, que namora a artista plástica Priscila Fiszman.

Leia também: Bruna Linzmeyer veste carapuça de problematizadora da web

Bruna Linzmeyer estampa capa da Revista Glamour
Divulgação
Bruna Linzmeyer estampa capa da Revista Glamour

Enveredando pelo lado religioso, Bruna demonstra demasiada desconstrução sobre sua ideia de Deus. “Não me identifico com religião.  Acredito na natureza, no fluxo dessa energia, no amor que sentimos pelas pessoas. Nas ervas, em matéria e elementos como pedras, cristais, temperos, água doce e salgada, madeira, metais. No poder da linguagem, das imagens. Deus, para mim, é quem ama, acolhe, resiste e muda o mundo por meio do afeto".

Bruna Linzmeyer estampa capa da Revista Glamour
Divulgação
Bruna Linzmeyer estampa capa da Revista Glamour

Sem medo de dar a cara a tapa, a artista tem a militância na veia e quem a acompanha sabe disso. “Enquanto houver minorias violentadas, devemos estar na luta. A militância se dá no dia a dia, no olhar generoso e feminista para com as manas que encontro, com as ‘pequenas’ escolhas no trabalho, num post nas redes, em uma conversa com alguém na rua. A militância é coletiva, é feita em rede e com amor.”

Uma menina-mulher com a "cabeça feita", Bruna é sempre vista mais à vontade pelas ruas do Rio de Janeiro. Sobre a linha tênue que separa o cuidado e a vaidade, ela disserta: “Temos muita sorte do feminismo entrar como uma linguagem e nos fazer entender o que nossos corpos significam. Meu rolê é o conforto. Ia para a escola de moletom e chinelo. Moda e gênero são para a gente brincar. Escolher quando e se quer se maquiar, botar um vestido ou um terno, um salto. Quando se torna obrigação, é opressão.”

A nova fase de Bruna Linzmeyer

Bruna Linzmeyer estampa capa da Revista Glamour
Divulgação
Bruna Linzmeyer estampa capa da Revista Glamour

Leia também: Bruna Linzmeyer posta foto de presente e gera polêmica na web

A entrevista para a Revista Glamour que foi feita a partir de 26 temas de A a Z, sob o olhar de Bruna Linzmeyer , pode ser conferida na íntegra em sua versão física. Cofirmada para a próxima novela das nove, "O Sétimo Guardião", em que promete complicar a vida da personagem de Marina Ruy Barbosa, a artista também chega aos cinemas na próxima quinta (15) com o longa “O Grande Circo Místico”, de Cacá Diegues.

    Leia tudo sobre: Instagram
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.