Tamanho do texto

Artista sofria de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e torna o dia mais duro para os amantes de cinema já que a atriz francesa Jeanne Moreau também morreu nesta segunda-feira (31) aos 89 anos

A imprensa internacional já repercute nesta segunda-feira (31) que o ator e diretor norte-americano Sam Shepard, 73 anos, morreu na tarde do último domingo (30) em sua casa em Kentucky, nos Estados Unidos.

Reprodução
Reprodução
Reprodução

O também dramaturgo Sam Shepard sofria de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), uma doença  que paralisa e compromete progressivamente o funcionamento do neurônio motor. Seu falecimento, que ocorreu no último fim de semana, foi ao lado de seus familiares.

Leia também: Morre o ator John Heard, de "Esqueceram de Mim", aos 72 anos

A doença

A Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) é uma paralisia progressiva que compromete o funcionamento do sistema nervoso. A primeira área paralisada é o da musculatura dos membros do corpo (superiores antes dos inferiores) e depois o do bulbo, principal região do cérebro que controla a maior parte das funções mais importantes do corpo. Antes ou depois da aparição dos sintomas, a queixa frequente dos pacientes se dá por conta de cãibras.

Entre os sintomas da doença, estão fraqueza, atrofia e, mais tarde, o comprometimento das funções vocais e respiratórias.

Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Sam Shepard

Sam Shepard nasceu em 1943 e teve uma longa carreira em mais de 40 peças de teatro e também no cinema. O norte-americano já foi indicado ao Oscar de ator coadjuvante em 1983 por seu papel em "Os eleitos" e ganhou um Prêmio Pullitzer de Melhor Drama em 1979 pela peça "Buried Child". Em 2015, atuou na série da Netflix "Bloodline", interpretando Robert Rayburn. Agora em 2017, no mês de junho, seu último filme, "Never Here", foi apresentado no festival de cinema de Los Angeles.

Leia também: Ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró, Eliza Clívia morre em acidente

Outras perdas

Na França, também há motivo para luto. A atriz Jeanne Moreau, uma das mais famosas do cinema francês, morreu aos 89 anos. As informações sobre o falecimento foram dadas pelo agente da dramaturga nesta segunda-feira, 31.

Assim como Sam Shepard, Jeanne Moreau tem atuações notáveis ao longo de sua carreira. Entre elas, “Jules e Jim”, do cineasta Fronçois Truffaut, “O Processo” (1962), de Orson Welles e “A Noite” (1961), de Michelangelo Antonioni, além de trabalhos com Roger Vadim e Reiner Werner Fassbinder.

*Com informações da ANSA Brasil