Cantora Eliza Clívia e o marido, Sérgio Ramos não aguentaram e morreram na hora. Outras três pessoas foram encaminhadas ao hospital em Aracaju

Eliza Clívia, ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró faleceu na tarde de sexta-feira (16) após sofre um acidente de carro. Acompanhada do marido, o baterista Sérgio Ramos , e mais três pessoas, o carro de Eliza bateu de frente com um ônibus em um cruzamento na cidade de Aracaju, capital do Sergipe.

A cantora de forró Eliza Clívia falaceu em um acidente de carro na última sexta-feira (16 de junho)
Divulgação
A cantora de forró Eliza Clívia falaceu em um acidente de carro na última sexta-feira (16 de junho)

Leia também: Sem Solange, Xand estrela 1° clipe do Aviões do Forró em 14 anos de carreira

De acordo com o empresário da cantora, Jailson Souza, ela voltava de uma entrevista de TV a uma emissora local. Horas antes, Eliza Clívia , que tinha 37 anos, chegou a compartilhar uma imagem da gravação em seu Instagram. Além dela e do marido, que morreram no local, outras três pessoas ficaram feridas. O motorista Cleberton José dos Santos, 35 anos, João Paulo Tavares da Silva, 32 anos, e Paulo Texeira de Carvalho, 38, foram socorridos e encaminhados a um hospital.

Leia também: Forrozeiro critica Marília Mendonça: “música para cachaceiro”

Carreira solo

Eliza foi vocalista do
Reprodução/Instagram
Eliza foi vocalista do "cavaleiros do Forró" por 10 anos

Elízia deixou o “ Cavaleiros do Forró ” para se dedicar a carreira solo. Ela estava na cidade justamente para um show que aconteceria nessa sexta.  De acordo com o Jornal da Paraíba, a cantora, nascida em Livramento (PB) e foi influenciada a entrar para a música pelo pai, que era sanfoneiro. Ela começou a carreira em Monteiro, quando entrou para o grupo Big Banda. Em 2003, sua carreira se transformou ao ingressar para o “Cavaleiros do Forró”, onde permaneceu por dez anos.

Os fãs de Eliza Clívia  utilizaram seu último post no Instagram para deixar mensagens de carinho. Entre desejos de que a família fique bem e indignações pela morte repentina , todos mostraram sua solidariedade com a cantora.

Leia também: Forró na mira: Aviões do Forró e bandas são investigadas por sonegar impostos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.