Tamanho do texto

Personagem polêmica e eleita vilã pelas redes sociais, Paula demonstra que assumiu o protagonismo do "BBB" e ganha afago da produção

Paula chegou muito perto de detonar a "primeira treta" do "BBB 19" quando dentro da dinâmica proposta para o jogo da discórdia apontou Tereza como incapaz de ganhar o reality por "ser chata pra c..." e atestar que "todo mundo acha isso". Tereza foi as lágrimas findado o programa de segunda e não se esforçou para disfarçar seu incômodo. 

Leia também: Atuação polêmica de Paula no "BBB 19" provoca debate sobre racismo à brasileira

Paula se revela como a grande personagem do BBB 19
Reprodução/Globoplay
Paula se revela como a grande personagem do BBB 19

A ação de Paula aconteceu em um momento que Tereza ensaia uma arriscada transição de um grupo para outro na casa e a fala da bacharel em direito a expõe de uma maneira naturalmente indesejada. Ponto para a mineira, que a bem da verdade, joga muito bem.

Não é nenhuma novidade que a loira é desprezada pelas redes sociais, mas vencedores polarizantes já triunfaram no "BBB" antes. A mais recente foi Emilly em 2017, mas Diego Alemão, em 2007, e Marcelo Dourado, em 2010, são outros bons exemplos disso. Quer dizer que por ser polêmica Paula é favorita? Não exatamente. Mas em uma edição que carece de polêmicas e protagonismos assumidos, o jeito de ser da mineira pode fazer a diferença. 

Inegavelmente, a produção do programa já se afeiçou. Nesta terça, pouco antes de anunciar a eliminação de Diego, Tiago Leifert buscou amparo na bacharel. Veja a reprodução do diálogo a seguir:

Tiago: Telvisão ao vivo é difícil né Paula? 

Sister: Demais, você nem liga pra mim.

Tiago: TV ao vivo é assim. A Gente fala umas coisas...

Sister: Mas eu falo assim sempre.

Tiago: Não, tô falando do palavrão só.

Sister: Ah, eu falei palavrão?

Tiago: O resto você fala o que você quiser, você tá aí pra jogar.

Sister: Desculpa!

Leia também: Os ratos de redes sociais estão deixando o “BBB” mais chato?

Paula para Dummies

Paula em ação no
Reprodução/Globoplay
Paula em ação no "BBB 19"

O diálogo pode ser percebido como uma referência cifrada aos protestos das redes sociais que clamam para que a Globo exiba comentários da sister percebidos como racistas e preconceituosos. Parte de suas falas polêmicas foram exibidas, parte não. 

Desde muito cedo a sister chamou a atenção, até mesmo pela voz peculiar. Mas seus posicionamentos temperados pelo prazer de sugerir certa ingenuidade impacientou um público que quer menos jogo e entretetenimento e mais representatividade e debates sociais no programa. Este não é um anseio da produção do jogo. Talvez por isso, a produção não esconda - e esse comentário de Leifert pode ser tomado como um indicativo disso - seu apreço por Paula. Que parece disposta a viver o "BBB" como o programa foi idealizado para ser vivido.

Não obstante, a sister demonstra muita consciência do que está acontecendo ao redor dela, como demonstram duas frases proferidas por ela nas últimas horas. "A Globo vai ser processada de tanto bullying que eu estou fazendo no programa. Eu sou terrível. Mas não é por maldade, é que é legal, acho engraçado", observou em conversa com Hariany. 

Em outro momento, também em papo com a inseparável Hariany , ponderou que o programa talvez enfrente problemas de audiência. "Devem estar de saco cheio da gente, porque não damos ibope". A frase sugere que ela está atenta as intervenções de Leifert e o estímulo constante por estranhamentos e divergências na casa.

Leia também: "Oportunismo e crueldade", diz Vanderson sobre denúncias durante "BBB 19"

Paula parece não só ter plena consciência de sua atuação no programa, como compreender como pode se beneficiar de suas circunstâncias. Mesmo que não ganhe o "BBB 19" , ela já se afigura como uma de suas principais, mais carismáticas e inteligentes personagens. 

    Leia tudo sobre: BBB
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.