Tamanho do texto

Costumes de 'pai e filha' entre Ayrton e Ana Clara causaram agito na internet

No ar há quase duas décadas ininterruptas, o "Big Brother Brasil" faz parte do calendário anual da televisão brasileira e divide opiniões sobre o comportamento dos participantes desde seu início. Com a superexposição dos " brothers ", muitos deles como Sabrina Sato, Grazi Massafera, iris Stefanelli e Jean Willys conseguiram um lugar ao sol no mundo da fama.

Leia também: Causando! Mahmoud toma banho sem sunga: "Esqueci que estou no BBB"

Confira as 10 vezes em que as polêmicas fugiram do controle do
Reprodução Globo
Confira as 10 vezes em que as polêmicas fugiram do controle do "BBB"

No entanto, não é só de fama, talento e vida boa que o programa se alimenta. Com um confinamento severo e personalidades fortes dentro de uma casa, o "Big Brother Brasil" já televisionou alguns dos maiores closes do país. O mais recente foram os costumes de "pai e filha" nada convencionais entre os participantes Ayrton e Ana Clara. Após a repercussão, Eva, a mãe e esposa, disse hoje à imprensa: "nada demais", sobre o afeto em excesso entre seu marido e sua filha. Para não restar dúvidas apuramos, analisamos e separamos uma lista do mais bafos mais tranquilos aos mais chocantes. Confira:

Leia também: Dá para ficar 3 meses sem? No "BBB", brothers conversam sobre sexo e masturbação

10. Transsexual

Ariadna foi a primeira transsexual a participar do programa
Reprodução / Instagram
Ariadna foi a primeira transsexual a participar do programa

Uma edição após o programa colocar Serginho e Dicesar, gays assumidos, na casa. Os produtores resolveram ir além: colocar uma transsexual no confinamento. A decisão foi arriscada. Vale lembrar que em 2011 a diversidade não tinha tantos simpatizantes e o preconceito era muito mais enraizado e protegido do que nos dias de hoje. Ariadna foi a primeira transsexual a cruzar as portas do reality-show. Apesar de ter ficado apenas uma semana na casa mais famosa do Brasil, a sister fez história no programa.

09. Expulsão

Ana Paula participou da edição 16 do programa
Reprodução Instagram
Ana Paula participou da edição 16 do programa

Sempre muito polêmica, a sister Ana Paula nunca poupou comentários. Participante da edição de 2016, seu ápice na casa aconteceu quando ela deu um tapa no participante Renan. Desclassificada, ela teve que deixar o "BBB". Apesar de ter agredido o brother, sua saída teve muita repercussão na internet e muita gente ficou do lado dela.

08. Sexo explícito

Tarciana e Jeferson foram os pioneiros quando o assunto é sexo em rede nacional
Divulgação Globo
Tarciana e Jeferson foram os pioneiros quando o assunto é sexo em rede nacional

Hoje pode parecer comum esperar isso do reality-show. E quem foi pioneiro nisso tudo? foi o casal Tarciana e Jeferson. Integrantes da edição 2 do programa, os pombinhos não resistiram aos 3 meses de confinamento e se entregaram ao desejo carnal na frente do Brasil inteiro.

08. AVC na TV!

Ex-BBB's esquecidos
Reprodução/Internet
Ex-BBB's esquecidos

A dona de casa de 54 anos, Marielza, foi a responsável por uma polêmica complicada. Participante do "Big Brother Brasil" em 2005, com apenas dez dias de confinamento, a sister sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) durante um banho na banheira de hidromassagem da casa. Marielza recebeu socorro, ficou bem, mas teve que ser substituída pela carioca Aline Silva.

07. Pacto de Sangue

Daniel Cobra fez pacto de sangue na casa e levou bronca
Divulgação Globo
Daniel Cobra fez pacto de sangue na casa e levou bronca

Na edição de 2007, os brothers Daniel Cobra e Alberto Cáuboi fizeram um pacto de sangue, que teve uma repercussão fortemente negativa. Bial chamou a atenção dos participantes e os atentou para o mau exemplo que eles teriam dado, principalmente pelo risco de transmissão de DSTs.

06. Racismo

Cassio Lannes causou no reality com suas conversas polêmicas
Divulgação Globo
Cassio Lannes causou no reality com suas conversas polêmicas

Em 2014, o Ministério Público recebeu uma representação contra o brother Cássio Lannes. O participante foi acusado de racismo devido a comentários que fez na casa logo na primeira festa do reality-show. Cássio disse que estava respondendo a um processo criminal pelo assassinato de uma afrodescendente, que teria sido causado pelo tamanho avantajado do seu órgão sexual. "Uma afrodescendente costuma se relacionar com? Com afrodescendentes. Eu pensei: pô, aguenta tudo. E atravessei. Até hoje sou acusado de assassinato, entende?", disse ele na ocasião. O caso foi investigado, mas Cássio não chegou a ser punido.


05. Agressão feminina

Emily e Marcos tiveram uma relação abusiva no reality
Digulgação Globo
Emily e Marcos tiveram uma relação abusiva no reality

No ano passado, o público acompanhou de perto o que é uma relação abusiva. Os participantes Marcos e Emily viviam um 'romance' nocivo a eles e a quem assistia o programa. O ápice de tudo ocorreu quando Marcos pressionou Emily contra a parede e a reprimiu em alto nível psicológico. Depois disso, o participante foi desclassificado. Apesar de ter sido indiciado por agressão, até hoje Marcos não foi punido.

04. Estupro Monique

Daniel foi acusado de estupro e depois inocentado
Divulgação Globo
Daniel foi acusado de estupro e depois inocentado

Durante o "BBB" 12, Daniel Echaniz foi acusado de estupro de vulnerável. As câmeras da casa mostraram ele na cama com Monique. A "sister" estava embriagada, e movimentos intensos debaixo do edredom indicavam que Echaniz estaria transando com ela. O caso tomou comoção nacional e fez com que o participante fosse expulso do reality. Depois, Monique prestou depoimento e alegou não ter sido estuprada. Daniel foi inocentado e o caso arquivado.

03. Héteros não pegam AIDS

Marcelo Dourado fez declarações polêmicas e teve que se corrigir em rede nacional
Divulgação Globo
Marcelo Dourado fez declarações polêmicas e teve que se corrigir em rede nacional

Quando participou do "BBB" 10, Marcelo Dourado soltou uma pérola que deu o que falar! O lutador afirmou que médicos tinham esclarecido para ele que héteros não poderiam pegar AIDS, pois o vírus não era transmitido por mulheres. O Ministério da Saúde exigiu que a Globo se retratasse informando que a afirmação de Dourado não era correta.

02. Bulimia

Leka participou da primeira edição do programa e era bulímica
Divulgação Globo
Leka participou da primeira edição do programa e era bulímica

Uma das maiores polêmicas do "Big Brother Brasil" surgiu logo na primeira edição. Alessandra, a Leka, era vista constantemente forçando o vômito após as refeições. Ela tinha problemas com seu próprio peso, mas, em uma época em que a bulimia não era tão discutida, os brothers não entenderam a gravidade da situação e tudo seguiu normal, o que não deveria acontecer

01 . Pedofilia

O ex-BBB Laércio de Moura foi condenado a 12 anos de prisão pela justiça do Paraná por estupro de vulnerável
Globo/Pedro Curi
O ex-BBB Laércio de Moura foi condenado a 12 anos de prisão pela justiça do Paraná por estupro de vulnerável


Leia também: Ana Paula e Mara vão para o paredão do "BBB 18" e tensão aumenta na casa

Ainda em 2016, em meio a conversas no "Big Brother Brasil", Laércio comentou sobre um suposto relacionamento com menores de idade. A declaração repercutiu dentro e fora da casa: enquanto no reality-show o participante entrava em conflito com Ana Paula, que o chamava de pedófilo, do lado de fora foram vazando indícios das relações. Laércio foi eliminado no segundo paredão e acabou sendo preso por estupro de vulnerável.

    Leia tudo sobre:
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.