Tamanho do texto

"BBB 18" repetiu ideia bem sucedida da edição anterior e substituiu disputa entre gêmeos por contenda em uma mesma família. Estreia real ficou para esta terça-feira (23). Confira como foi o primeiro programa da temporada

A exemplo de 2017, a Globo promoveu uma pré-estreia de luxo do “BBB” nesta segunda-feira (22). Um Tiago Leifert relaxado e confiante informou que a votação em 2018 será única e exclusivamente pela internet e será necessário fazer um cadastro no site oficial da atração.

Leia também: Hot! Hot! Hot! Relembre todos os casais formados na história "BBB"

Família unida no BBB com direito a música tema de
Reprodução/Globo
Família unida no BBB com direito a música tema de "A Grande Família"

Se no ano passado dois pares de gêmeos entraram para disputar a preferência do público e a possibilidade de se juntar aos demais participantes, na edição de 2018 do “BBB” , uma família foi escolhida para entrar na casa mais vigiada do Brasil. São quatro integrantes. O pai, Ayrton, a mãe, Eva, a filha de 18 anos que também é youtuber, Ana Clara, e o primo, Jorge. O público vai votar para decidir pela permanência de dois membros da família. Os mais votados serão conhecidos no domingo. Eles permanecem na casa e unidos, ou seja, eles representam uma só pessoa – ou a família, por força de definição. Os dois votam juntos, serão líderes juntos, vão juntos ao paredão e assim por diante.

Leia também: Esquenta "BBB 18"! Veja as curiosidades desta edição

No programa de cerca de 20 minutos, foi apresentado um clipe para introduzir a família, outro com os primeiros momentos dos quatro na casa e no fim houve um bate-papo com Leifert ao vivo. Eles passaram a maior parte do dia em um quarto e grande parte das dependências da casa estava inacessível para eles, com exceção da área externa.

Leia também: Gleici, sister do "BBB 18", aparece em foto carregando cartaz anti-globo

Prognósticos

A família reunida no BBB
Reprodução/Globo
A família reunida no BBB

A estreia de fato só acontece nesta terça-feira (23), quando os demais participantes entram na casa mais vigiada do Brasil. A exemplo de Emilly em 2017, os remanescentes da família no jogo largam com certa vantagem. Ainda mais por continuarem ali representando uma família. O brasileiro costuma reagir positivamente a esse tipo de estímulo. Contudo, a estratégia pode se mostrar acertada para os propósitos do jogo. Ayrton sempre teve o sonho de participar do BBB e parece extrovertido e despachado o suficiente para tornar a experiência memorável tanto para ele como para o público. Pouco foi mostrado que sugerisse algo do gênero para os outros familiares, mas a edição soube insinuar que talvez o público do BBB devesse apostar na combo pai e filha contra o resto. A ver.

    Leia tudo sobre: BBB
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.