Cara e Coragem coloca dedo na ferida e escancara uso de armas com alfinetadas ao governo Bolsonaro: ‘Salvar ou matar’
Diego Laureano
Cara e Coragem coloca dedo na ferida e escancara uso de armas com alfinetadas ao governo Bolsonaro: ‘Salvar ou matar’


A nova novela das sete da Globo, é a nova aposta da emissora em um cenário pós-pandemia. “Cara e Coragem”, promete colocar o dedo na ferida e escancarar um tema espinhoso do atual governo Bolsonaro: A legalização de armas. Claudia Souto, autora da trama também promete seguir a linha de comédia leve que o horário pede.

As alfinetadas ao governo Bolsonaro serão expostas de forma leve para não espantar o público mais conservador e quem está acostumado com tramas mais leves no horário das sete da Globo. “Cara e Coragem”, dará cutucadas para que o cidadão reflita sobre temas do nosso cotidiano.

“É um equilíbrio delicado. Confesso que é uma tentativa, não tenho uma bola de cristal. O que trago é meu olhar sobre o mundo e de que forma posso botar na roda discussões sérias, mas de uma maneira leve. Por exemplo, um tema que tem na novela, que está super subliminar e envolto em uma aura de aventura, e está todo dia no noticiário: o apoio à ciência e a legalização da armas, os benefícios que o governo atual tem feito par a facilitar o acesso a elas”, contou Claudia Souto em entrevista ao Notícias da TV.

Leia mais em TV Foco!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários