Suélem Cury toma injeções para combater a trombofilia durante a gravidez
Reprodução/Instagram - 19/04/2022
Suélem Cury toma injeções para combater a trombofilia durante a gravidez

Prestes a dar à luz a qualquer momento, Suélem Cury, ex-Mulher Pera, se internou no Hospital Pró-Matre, em São paulo, para ser monitorada de perto antes do parto propriamente dito. É que a ex-funkeira e hoje empresária teve uma gestação de alto risco após descobrir que é portadora de trombofilia. Por conta disso, tomou cerca de 700 injeções de anticoagulante durante os nove meses.

Entre  no canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro das principais notícias dos famosos e da TV

"Graças a Deus existe anticoagulante para salvar meu filho(a)! Pra quem não sabe, tenho uma doença chamada Trombofilia, que é uma predisposição para a formação de coágulos no sangue. Se não tratado, pode dar um AVC, uma embolia pulmonar e passar por abortos repetitivos. No ano passado, eu não sabia que tinha essa doença e acabei perdendo uma filha, mas Deus é tão bom que me ajudou a engravidar novamente e agora com esse tratamento (FIV), estou a poucos dias de ter meu milagre em meus braços!", escreveu ela no Instagram.

Suélem e o marido, Jamil Cury, ainda não sabem se terão menino ou menina. Para engravidar aos 35 anos, após um aborto espontâneo, ela recorreu à fertilização in vitro e assim descobriu a doença.

"Fertilização in vitro e mais o tratamento de trombofilia… Eu agradeço muito a Deus e aos médicos que estão cuidando de mim. Agradeço ao meu marido que sempre esteve ao meu lado me apoiando em TUDO o que faço, aos parentes e a alguns amigos que me deram força para continuar nessa luta", diz Suélem, que já parou com o anticoagulante para não ter maiores problemas durante o parto.

Prestes a se mudar para uma mansão no Morumbi, bairro nobre da capital paulista, ela, hoje dona de uma loja de cristais de luxo, teve que pausar a rotina em prol da reta final da gravidez e a realização do sonho de ser mãe: "A caminhada é longa… São muitas inseguranças, medos e até mesmo, por diversas vezes, desanimação. Mas quando você está ao lado de alguém que te apoia, que se faz presente o tempo todo, te incentiva e que quando você desmorona, está presente, enxuga as suas lágrimas e te dá força pra seguir em frente, aí o mundo fica mais leve".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários