BBB 22: Mãe de Natália critica atitude de Gustavo após briga: “Baixo”
Reprodução/Montagem 06.04.2022
BBB 22: Mãe de Natália critica atitude de Gustavo após briga: “Baixo”

Natalia Deodato vem sendo criticada pelos homens do Big Brother Brasil durante esta semana.  A sister recebeu algumas reclamações por causar confusões quando bebe e por ter atitudes que prejudicam o coletivo no "BBB 22". Ao iG Gente, Daniela Rocha, mãe da mineira, afirma que a mineira está sendo alvo de comentários machistas por parte dos meninos da Disney.

Na segunda-feira (4), Gustavo Marsengo abriu para o público as insatisfações com Natália durante a dinâmica do jogo da discórdia. Na ocasião, o brother reclamou que a participante havia colocado uma banana direto no pote de leite em pó e apontou que ela passa do ponto quando bebe. No dia seguinte, em outra discussão com Natália, o advogado repreendeu: "Natália, até a produção te proibiu de beber álcool".


Na visão de Daniela, Gustavo foi baixo ao expor ao público o problema com bebida da filha e revelou que notou a mesma postura dos outros homens do grupo batizado de "Disney". "Eu acredito que eles têm um movimento de usar as fraquezas da Natália contra ela. Se ela tem problemas com bebida, ela tem que resolver aqui fora e eles, enquanto homens adultos, não deveriam levar esse assunto para a roda de conversa. Não deveriam também ficar usando isso como argumento nas discussões com ela, porque isso é baixo”, disse.


Os comentários criticando o modo que Natália dança e se diverte durante as festas também não passaram despercebidos pela mãe. “No jogo da discórdia e em conversas eles sempre apontam coisas como 'olha o jeito que ela dança', 'ela conversa gritando e interrompe' e isso tudo sempre em um tom de tentar rebaixar a Natália enquanto mulher e até mesmo como pessoa. Qual o problema de dançar a noite toda? Por que homens sempre querem ditar a forma que uma mulher dança?”, questiona.

Leia Também

Além do machismo, a mãe da sister não deixa de criticar o rótulo que dão para a mulher negra. “Existem estereótipos que a sociedade tenta impregnar em mulheres pretas, como 'barraqueira', 'descontrolada', 'escandalosa', mas a verdade é que ninguém está preparado para aceitar uma mulher preta que se posiciona, argumenta e tem uma boa oratória”. E rebate: “Doido e descontrolado é quem tenta a todo custo desbancar, debochar e deslegitimar a fala de uma mulher e ainda usar as fraquezas dela contra ela". 

Leia Também

Leia Também

Leia Também

Mesmo assumindo que Natália tem mania de interromper outros participantes e de gritar quando discute, a mãe justifica a postura da filha. “Isso é uma coisa que vamos trabalhar aqui fora, mas alguém já parou para pensar o porquê dela agir assim? Ela é uma menina preta, com vitiligo, que cresceu sendo silenciada e sem ter a voz ouvida. Essas coisas refletem na fase adulta e as pessoas criticam alguns defeitos sem ao menos tentar descobrir os motivos”, pondera.

Na reta final do "BBB 22", Daniela faz questão de ressaltar que Natália Deodato entregou bons momentos na edição. “Ela chorou, discutiu e teve suas incoerências, mas ela é um ser humano e estava sujeita a isso. As pessoas pegam só os defeitos e as partes 'ruins' e esquecem de tudo de bom e bonito que a Natália oferece e tem a oferecer”, finaliza defendendo a filha.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários