Larissa Tomasia, do BBB 22
Reprodução/Globo
Larissa Tomasia, do BBB 22

Larissa está fora do "Big Brother Brasil 22" e sua ida ao paredão dependeu de apenas um voto. A influenciadora acabou empatando na votação com Douglas Silva e o desempate do líder Paulo André protegeu o amigo. Eliezer e Vinicius, que votaram juntos por conta da dinâmica da semana, contrariaram o que os aliados do quarto Lollipop haviam combinado (de votar no ator) e deram outro nome dentro do confessionário. Agora de volta ao mundo externo, Larissa diz que ficou magoada com a atitude dos brothers, principalmente com Eli:

— Fiquei bastante magoada porque, lá dentro, realmente pensei que ele (Eliezer) tivesse feito (não votado em Douglas) sem querer. Só que quando eu vi a cena e vi que foi uma coisa proposital, eu fiquei magoada porque ele brincou com o meu sonho. Ele poderia ter se comprometido, votado no Douglas, ter feito o que era para fazer, e não fez. E aí veio a consequência de eu ir ao paredão com duas pessoas muito fortes da casa e queridíssimas aqui fora, algo que eu já sabia também. Eu peguei um paredão super pesado e a resposta veio, que foi a minha saída.

Para a ex-sister, o episódio deixou claro que Eliezer não está tão alinhado com o resto do quarto Lollipop. Quanto a Vinicius, Larissa avalia que há bastante influência na relação entre os brothers.

— Depois que eu vi a cena, vi que o Eli não está comprometido com as meninas. Percebi que ele é uma pessoa de “leva e traz” e só está se importando com ele mesmo no jogo. Ele queria tirar o dele da reta, fez isso de propósito por causa dos meninos, o que é uma pena, porque as meninas tentam fazer de tudo para proteger ele e o Vyni. Além disso, o Eli tem muita influência sobre o Vyni. Ao meu ver, ele se aproveita dos sentimentos do Vyni por ele — analisa a pernambucana.

A torcida da ex-sister aqui fora, ao contrário do que poderia se imaginar, não vai para nenhuma de suas amigas do quarto Lollipop. Para Larissa, Lina é quem deve levar a vitória:

— Eu admiro vários participantes, que, na minha concepção, acho que jogam muito bem, mas no momento a minha torcida é para a Lina. Ela é muito coração, muito aberta, e ela sabe jogar. É uma pessoa incrível, com quem eu me dei muito bem desde quando eu estava na casa de vidro até o momento da minha saída.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários