Francisco tinha 46 anos de carreira na emissora
Reprodução/Globo
Francisco tinha 46 anos de carreira na emissora


"Eu estou triste, claro, foram 46 anos na emissora. Não posso fingir e dizer para você que estou feliz, porque não estou. Se fosse para sair feliz eu teria saído antes, pedido [para sair]", disse Francisco José para a coluna de Monica Bergamo após a saída da Globo. 

Francisco e Renato Machado saíram da emissora nesta segunda-feira (29), de comum acordo com a Globo. Nos últimos meses, a empresa adotou uma política de renovação no jornalismo. Na mudança, Alberto Gaspar, Ari Peixoto, José Hamilton Ribeiro, Eduardo Faustini, Isabela Assumpção e Linhares Júnior saíram da Globo. 

"Há dois, três anos o Ali [Kamel, diretor de jornalismo da Globo] me disse que a empresa estava com a política de renovação do quadro de funcionários. Eu sei que nós mais antigos temos os salários mais altos", disse.

Leia Também

"Acho triste essa política de renovação, muitos dos que estão saindo são mestres do telejornalismo", comentou. O repórter, de 77 anos, contou que o desligamento já estava previsto e que a Globo ofereceu um acordo de indenização irrecusável. "O acordo que é feito entre as partes é tão vantajoso que a gente não tem como dizer não", disse.

O jornalista contou que não está magoado e que só tem agradecimentos à emissora onde trabalhou por 46 anos. "Não foi um processo litigioso. Não posso falar de uma emissora que me deu tudo", afirma. "Mas estou triste, claro", disse. 

Francisco contou que não esperava tanto carinho com a notícia da demissão. "Desde manhã meu telefone não para. Estou surpreso com o carinho, muitos colegas, muitas pessoas estão me ligando e mandando mensagens para falar que estão tristes", contou. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários