Karol Conká satiriza sotaque de Juliette e é acusada de xenofobia por fãs do BBB 21
Montagem
Karol Conká satiriza sotaque de Juliette e é acusada de xenofobia por fãs do BBB 21


Neste domingo (31), a cantora Karol Conká satirizou o sotaque da https://gente.ig.com.br/tvenovela/2021-01-30/bbb-21-virei-falsa-vtzeira-serpente-e-dissimulada-diz-juliette.html advogada e maquiadora Juliette no BBB 21. Ela fez isso enquanto conversava com Fiuk e Gilberto no Quarto Colorido.


“Eu tenho pavor de gente egoísta, sem educação”, começa a cantora. Em seguida, ela começa a falar outras palavras em que coloca ênfase no final, imitando o sotaque de Juliette. “Gente elegante, sufocante, delirante…”.

Ao fazer isso, Karol Conká arranca risadas de Fiuk. Gilberto, que é pernambucano, parece constrangido e se mantém quieto. “Eu tenho vontade de fazer assim: que que é, ô bosta?”, finalizou a cantora. Veja o momento.


Os fãs do BBB 21 começaram a comentar a postura de Conká no Twitter e afirmaram que ela foi xenofóbica com a participante nordestina. A comoção foi tanta que a frase Juliette Merece Respeito foi um dos assuntos mais comentados do dia. Veja as reações.


Você viu?






Não foi a primeira vez, já que ela já tinha criticado a sister na última sexta-feira por seu sotaque. "Eu sou de Curitiba, uma cidade muito reservadinha. Por mais que eu seja artista e rode pelo mundo, eu tenho meus costumes. Eu tenho muita educação para falar com as pessoas. Eu tenho meu jeito brincalhão, mas reparem que não invado, não desrespeito, nem falo pegando nas pessoas. Acho estranho", disse a cantora.

A assessoria de Karol Conká se pronunciou na conta oficial do Instagram da cantora.  "Quando ela relaciona o termo ‘educação’ à cidade de Curitiba, tem muito mais a ver com a intenção de se mostrar mais reservada, sem que isso seja bom ou ruim; apenas uma característica de comportamento”, diz o comunicado.

“A questão da Karol com a participante Juliette é diretamente envolvida com a circunstância da convivência da casa, de gostar ou não das coisas que acontecem, de possuírem ruídos e sintonias em sua convivência. Por isso, viemos aqui pedir desculpas a todos os cidadãos do Nordeste”, acrescenta.

O perfil oficial de Juliette no Instagram também se pronunciou sobre o caso. “Com todo respeito a cada canto do Brasil, na Paraíba, sinônimo de educação é puxar papo, ser tagarela, demonstrar carinho, falar arrastado e com bom humor! A gente engole muito cuscuz, mas associar erros ao nosso jeito genuíno de ser, não! Juliette paraibana com orgulho”, escreveu a representação da participante.


    Leia tudo sobre:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários