Felipe Neto
Reprodução
Felipe Neto


Felipe Neto disse que pretende impedir uma possível reeleição do presidente Jaie Bolsonaro. Em entrevista ao Estadão, o youtuber afirmou que o "Brasil precisa derrotar o bolsonarismo como os Estados Unidos derrotaram o trumpismo", após a vitória do democrata Joe Biden.

Indiciado pela Polícia Civil do Rio por supostamente divulgar material impróprio para menores , Neto disse que, em 2022, pretende ir "para a luta como nunca antes na vida". 


O youtuber atribuiu seu indiciamento por corrupção de menores a "pressões" que, segundo ele, passou a sofrer após se declarar como opositor do governo federal. "Vou apoiar qualquer coisa que chegue ao segundo turno contra o Bolsonaro", declarou Neto ao Estadão. "Seja (Luciano) Huck, (Fernando) Haddad, Lula, Marina (Silva), Ciro (Gomes), (João) Doria ou Tiririca", declarou Felipe Neto. 

Questionado pela publicação de como será o papel dele e o impacto da sua posição  política nas eleições presidenciais de 2022, Felipe Neto respondeu: "Não consigo dimensionar, mas eu vou para a luta como nunca antes na minha vida. O Brasil precisa derrotar o bolsonarismo como os Estados Unidos derrotaram o trumpismo". 


    Veja Também

      Mostrar mais