Como forma de aumentar o faturamento da emissora, a Record TV criou um programa de assinatura no qual oferece um site com conteúdos exclusivos e sorteia prêmios diariamente. Para atrair o público, a estratégia da emissora foi convocar as principais estrelas do canal para gravar comerciais que serão exibidos durante a programação. O problema é que eles não receberão nenhum cachê por isso e teve muito apresentador que não gostou de ceder sua imagem.

Rodrigo Faro, Ticiane Pinheiro, Marcos Mion
Reprodução
Rodrigo Faro, Ticiane Pinheiro e Marcos Mion

Rodrigo Faro, Ana Hickmann, Sabrina Sato, Luiz Bacci, Marcos Mion, Ticiane Pinheiro e Cesar Filho são alguns nomes que foram escolhidos para divulgar o “Mundo Record”. Segundo o “Notícias da TV”, muitos apresentadores ficaram incomodados porque o projeto é uma ação comercial e não institucional.

Esse tipo de sorteio na TV aberta não era permitido, mas o presidente Jair Bolsonaro, por meio da lei federal 5.768, de 1971, regulamentada pelo decreto 70.951, de 1972, mudou isso após conversas com os representantes da RedeTV!, da Record e do SBT. A ideia é ajudar a alavancar as emissoras que vem enfrentando problemas financeiros nos últimos anos.


O “Mundo Record” é similar a Tele Sena, que faz parte do grupo de empresas de Silvio Santos. Claro que essa comparação foi feita pelos apresentadores da Record, que já estrelaram campanhas na emissora concorrente e receberam um bom cachê para isso.

Ainda de acordo com o Notícias da TV, teve uma das apresentadoras da Record que tentou fugir da função dizendo que tinha compromisso no dia em que a gravação do comercial foi marcada, mas a emissora de Edir Macedo ofereceu várias outras datas para a artista não ficar de fora da campanha.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários