Em uma conversa entre Yvete (Patrícia Naves) e Duque (Jean Pierre Noher) fica difícil dizer quem é o maior 171. A secretária de Alberto (Igor Rickli) vai tentar cumprir duas ordens do chefe em uma única cartada: vender a mina de tungstênio desativada pelo Grupo Albuquerque e descobrir se Duque tem realmente bala na agulha, como anda dizendo por aí.

Ester,Alberto,Cassiano,Dionísio,Resumo,Novela,Globo,Flor do Caribe
Divulgação/TV Globo
Yvete tenta colocar Duque em uma furada, em "Flor do Caribe"


Ela tenta convencer o falsário a investir na compra da mina. E não é que Duque (Jean Pierre Noher) se anima com a história? “Passei anos atuando no ramo de minérios. A mineração é uma das minhas paixões!”, diz o falsário, na maior cara de pau. Mas de onde Duque (Jean Pierre Noher) vai tirar grana para isso?

Já pensando na "volta" que vai dar no estrangeiro, Yvete (Patrícia Naves) comemora o golpe com Hélio (Raphael Viana). Desconfiado, o administrador pede que ela continue de olhos bem abertos. “Eu não tô engolindo que este Duque (Jean Pierre Noher) tenha bala na agulha pra comprar nem um punhado de terra, quanto mais uma mina. Fica quieta e não abra o bico pro Alberto, até porque esse Duque (Jean Pierre Noher) é unha e carne com o Cassiano (Henri Castelli)”, alerta.

Em outro núcleo de "Flor do Caribe", Ciro (Max Fercondini), Amadeu (Dudu Azevedo) e Rodrigo (Thiago Martins) se oferecem para ajudar Cassiano (Henri Castelli) a denunciar Dom Rafael (César Troncoso). Duque (Jean Pierre Noher) tenta convencer Cassiano (Henri Castelli) a esquecer tudo o que aconteceu no Caribe.


No final do capítulo, Hélio (Raphael Vianna) orienta Yvete (Patrícia Naves) a não contar para Alberto (Igor Rickli) que Duque (Jean Pierre Noher) mostrou interesse em comprar a mina. Guiomar (Cláudia Netto) se sente magoada com o desprezo de Alberto (Igor Rickli).

    Veja Também

      Mostrar mais