O ano é 2014 e gritos de comemoração são ouvidos na rua, mas não é por conta de futebol. A euforia foi causada pelo beijo de Niko e Feliz em "Amor à Vida". Matheus Solano e Thiago Fragoso relembraram como foi a preparação para viver  a cena de dois homens se beijando pela primeira vez em uma novela da Globo. 

Matheus Solano e Thiago Fragoso
Reprodução/TV Globo
Beijo de Niko e Feliz em "Amor à Vida"


Solano explica que como o Felix era um vilão, nos planos iniciais ele não iria ter um final feliz. Porém, o personagem acabou caindo nas graças do público e passou por um processo de regeneração da metade da novela para o final. Formar um casal com o Niko foi um teste para ver se o público gostaria da iniciativa. "O público torceu muito pelo casal. E torceu tanto que começou a exigir um beijo, afinal um casal que não se beija numa novela tem algo errado", disse o ator em entrevista à Quem.

"A gente sabia que era algo importante e que ficaria pra posteridade. Havia muito cuidado pra gente não errar, essa cena era aguardada há muitos anos. Se você pensar em como a novela está no DNA do brasileiro, de uma certa forma, toda  a comunidade LGBTI+ estava fora desse fenômeno . A gente queria corrigir essa miopia", reforça Fragoso. 

Os dois artistas lembram que a cena do beijo foi mantida em segredo pelo autor Walcyr Carrasco e pelo elenco. Eles contam que nem mesmo no roteiro havia escrito que eles se beijavam, estava apenas um monte de asteriscos no lugar. Thiago revela que nem eles sabiam se o beijo poderia ir ao ar, mas trabalhavam para que a cena fosse feita da melhor forma possível . "O Maurinho deu o okay definitivo de que a emissora aprovara a cena somente alguns minutos antes da exibição do capítulo. Mas eu confesso que só acreditei quando vi no ar", ele conta.

A cena foi exibida e o público adorou. "Lembro da sensação de 'grito de gol' e de muita gente me dizendo que nas ruas foi ouvida aquela comemoração do  beijo que coroava aquele amor entre dois homens num país extremamente homofóbico e intolerante", conta Solano. 

Os dois atores falam que até hoje percebem uma repercussão positiva daquele beijo com o público. Os dois contam que ainda recebem agradecimentos pela cena e relatos de pessoas que se assumiram para a família ou voltaram a falar com os filhos. " Felix foi a realização máxima do meu trabalho de artista que consiste em fazer o público se divertir, refletir e quiçá, mudar a sua maneira de ser e estar no mundo", reflete Matheus.

    Veja Também

      Mostrar mais