O jornalista Matheus Ribeiro é o mais novo contratado da Record TV . A oportunidade veio após ele conquistar seu lugar na história como o profissional mais jovem a ocupar uma cadeira no "Jornal Nacional". Todavia, o que chamou atenção da imprensa à época foi o fato dele ser o primeiro jornalista assumidamente homossexual a ocupar a função.

Leia também: Chamado de queima rosca, jornalista Matheus Ribeiro vai processar radialista

Matheus Ribeiro
Reprodução/Instagram
Matheus Ribeiro

Ao falar sobre o assunto, Matheus Ribeiro nega que tenha feito carreira baseada em sua sexualidade. “Postei uma foto com meu namorado e pronto! Nunca fui eu que coloquei em debate ou tentei me promover em cima disso”, disse ele ao F5 .

Leia também: Jornalista expõe brigas e intrigas com a Globo em carta de demissão

Questionado sobre manter-se transparente, mesmo em relação a um assunto pessoal, ele disserta: "Eu nunca tive motivo para me envergonhar de quem sou, das escolhas que faço ou das situações que vivo. Por isso, ainda que seja minha vida pessoal, eu decidi assumir a autoria dessa história". 

Leia também: Jornalista troca Globo por Record e não é bem recebido pela equipe: "Homofobia"

Ao desligar-se da Globo , o jornalista divulgou uma carta aberta relatando situações que motivaram sua demissão. No texto, Matheus Ribeiro lamenta falhas de comunicação da empresa com os funcionários, controle excessivo da emissora sob suas redes sociais e incompatibilidade de sua salário com a função que exercia. Agora em uma nova casa, nesta segunda-feira (04) ele tem estreia marcada como apresentador e editor-chefe do "DF Record ".

    Veja Também

      Mostrar mais