Mesmo com saudades de tramas como "Amor de Mãe", está sendo divertido rever a luta de Eliza (Marina Ruy Barbosa) para vencer o concurso em "Totalmente Demais" , ou então a eterna briga entre Tereza Cristina (Christiane Torloni) e Griselda (Lília Cabral) em "Fina Estampa" . Também na onda das reprises, a Globo resolveu adicionar novelas de grande sucesso ao Globoplay, para os assinantes poderem rever suas novelas favoritas quantas vezes quiserem. Mas alguns fiascos da emissora provavelmente nunca serão reprisados. 

Reprodução/TV Globo
"Babilônia" e "Negócio da China" são algumas das novelas de menos sucesso da Globo


Seja por fracasso de audiência, por se meter em polêmicas ou por simplesmente não agradar críticos, aqui vai uma lista de novelas que a Globo não deve reprisar nunca: 

1- "Babilônia" (2015)

A trama de Gilberto Braga tinha grandes nomes como Glória Pires, Adriana Esteves e Camila Pitanga, mas um beijo polêmico entre as personagens de Fernanda Montenegro e Natália Timberg fez a novela começar com reprovação do público. Em uma tentativa de salvar a produção, Silvio de Abreu reescreveu alguns capítulos, mas isso acabou deixando o enredo ainda mais confuso. A média no Ibope foi de 25 pontos e "Babilônia" foi até encurtada. 

Babilônia
Reprodução/TV Globo
Cena de Babilônia


2- "Bang Bang" (2005-2006)

"Bang Bang" foi uma tentativa de trazer uma nova temática para as novelas brasileiras, mas a história de faroeste e a atuação da então principiante Fernanda Lima não agradaram. O autor da trama, Mário Prata, ainda teve que ser trocado no meio da exibição, pois  teve problemas de saúde. Então Carlos Lombardi assumiu, mas o fracasso foi tanto que os capítulos foram encurtados de 60 min para 45 min.

Bang bang
Reprodução/TV Globo
Cena de "Bang Bang"


3- "Geração Brasil" (2014)

Com Murilo Benício no eixo central, "Geração Brasil" deu bem errado. A história de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira teve a pior audiência do horário até então, uma média de 19,5 pontos. Como se isso não bastasse, a Copa do Mundo e o horário político prejudicaram ainda mais a novela.

Geração Brasil
Reprodução/TV Globo
Cena de "Geração Brasil"


4- "Negócio da China" (2008-2009)

Dessa vez, Miguel Falabella errou feio. A novela com temática asiática que misturava comédia, kung fu e o roubo de um cassino chinês deu muito errado. A audiência de um capítulo chegou à marca impressionante de 14 pontos e o fracasso afetou até as tramas exibidas nos outros horários, como "Caminho das Índias".

negócio da china
Reprodução/TV Globo
Cena de "Negócio da China"




5- "Suave Veneno" (1999)

Outra novela que não deu certo foi "Suave Veneno". A história de Aguinaldo Silva, inspirada em uma peça de Shakespeare começou bem, pois pegou o embalo do sucesso de "Torre de Babel", mas depois desandou. A produção foi a primeira novela da Globo na faixa das 20h que não alcançou a média de 40 pontos de audiência. Desde então, ela figura como uma das poucas novelas das 21h a nunca ter sido reprisada.

suave veneno
Reprodução/TV Globo
Cenda de "Suave Veneno"


6- "Em Família" (2014)

Se os personagens principais não conquistam o púbico, é difícil de uma novela dar certo. Esse foi o caso da história entre os personagens de Bruna Marquezine e Gabriel Braga Nunes em "Em Família". A trama conseguiu uma média de apenas 29,8 pontos e foi uma das mais curtas da história da Globo.

em familia
Reprodução/TV Globo
Cena de "Em Família"


7- "Sétimo Guardião" (2018)

"Sétimo Guardião" é recente, mas a Globo já pode deixar anotado que essa não é uma boa novela para se reprisar. Mesmo sendo atores queridos do público, Bruno Gagliasso e Marina Ruy Barbosa não conseguiram salvar a história de mistério e gatos pretos. No final das contas, a trama de Aguinaldo Silva tem uma das piores médias pra o horário nobre, 28,8 pontos.

sétimo guardião
Reprodução/TV Globo
Cena de "Sétimo Guardião"



8- "Além do Horizonte" (2013-2014)

Outra novela das sete que não foi nada bem é "Além do Horizonte". A história de jovens em busca de familiares desaparecidos e de uma sociedade secreta no meio da Amazônia não fez sucesso, tanto que a trama principal foi se transformando ao longo dos capítulos. A narrativa de Marcos Bernstein e Carlos Gregório teve menos de 20 pontos como média.

alem do horizonte
Reprodução/TV Globo
Cena de "Além do Horizonte"


9- "Tempos Modernos" (2010)

Pelo jeito, as tramas futurísticas não agradam muito o público. A história criada por Bosco Brasil sobre um prédio futurista, roqueiros e Grazi Massafera robô ficou bem confusa e pouco atraente. A média de audiência ficou entre os 24 pontos, o que era pouco para a época.

tempos modernos
Reprodução/TV Globo
Cena de "Tempos Modernos"



10- "Zazá" (1997-1998)

Fernanda Montenegro é uma das atrizes mais renomadas do Brasil, disso ninguém discorda, mas ela já se meteu em enrascadas. Ela interpretou a protagonista de "Zazá", novela das 19h sobre a vida da filha fictícia de Santos Dumont. A trama tinha tudo para dar certo, mas sofreu quando Laura César Muniz foi obrigado pela Globo a escrever mais 56 capítulos, tudo isso porque a emissora ainda não havia decidido qual história a substituiria.

Zazá
Reprodução/TV Globo
Cena de "Zazá"


11- "Esperança" (2002-2003)

Uma novela de época com imigrantes na trama principal parece uma fórmula que a Globo costuma repetir para ter sucesso. Entretanto, isso não deu muito certo para "Esperança", de Benedito Ruy Barbosa. A trama não conquistou a audiência e foi constantemente comparada a "Terra Nostra", do mesmo autor. No meio do caminho, Walcyr Carrasco assumiu a escrita e o resultado foi que a média de audiência da Globo caiu em quase 10%. 

esperança
Reprodução/TV Globo
Cena de "Esperança"


    Veja Também

      Mostrar mais