Recentemente Aguinaldo Silva, ex-novelista da Globo , concedeu uma entrevista à Record TV . Durante o papo com Fabíola Reipert, jornalista de celebridades contratada da emissora, o autor falou sobre sua demissão e o processo por causa da novela "O Sétimo Guardião", definindo-o como "lenda urbana".

Leia também: Novo CEO da CNN saiu da Record com autorização de Macedo e em atrito com bispos

Aguinaldo Silva arrow-options
Divulgação/TV Globo
Aguinaldo Silva

À coluna de Ricardo Feltrin, Silvio Cerceau, um dos ex-alunos que moveram processo contra Aguinaldo Silva , falou sobre o assunto e alegou que o ex-novelista da Globo "mentiu à Record ".

Leia também: Xuxa radicaliza no visual em estreia de novo programa na Record

"Ele é um mentiroso. Eu estou processando ele, sim. Aliás, não só eu estou processando. Outros seis alunos dele o estão processando também. Aqui (mail) te mando os processos e seus números.", afirmou Cerceau.

A polêmica começou em 2017, um ano antes da novela estrear. À época, ex-alunos de uma oficina ministrada por Aguinaldo exigiram co-autoria na obra. Segundo eles, todo o início do que seria "O Sétimo Guardião" foi criado e desenvolvido por eles em "sala de aula".

Aguinaldo Silva na Record arrow-options
Reprodução Record TV
Aguinaldo Silva na Record

Leia também: Record demite quatro jornalistas acusadas de racismo

Sem desfecho ainda em 2018, época da estreia, a Globo  tomou as rédeas da situação e deu crédito aos ex-alunos de Aguinaldo Silva no primeiro capítulo, incluindo-os como co-autores da sinopse.

    Veja Também

      Mostrar mais