Recentemente Ana Maria Braga, de 70 anos, revelou durante o “Mais Você”, da Globo , que está com câncer no pulmão. O anúncio mexeu com telespectadores e internautas, fazendo com que a apresentadora liderasse rankings como Trending Topics do Twitter e Google Trends. 

Leia também: "A luta é minha, mas é bom esse apoio", diz Ana Maria após descobrir câncer

Ana Maria Braga e Louro José arrow-options
Divulgação / TV Globo
Ana Maria Braga e Louro José

Segundo Ana Maria Braga , ela foi diagnosticada com adenocarcinoma, "que é mais agressivo e não é passível de cirurgia ou radioterapia". A enfermidade da apresentadora é a segunda mais comum entre homens e mulheres no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Apenas em 2018, foram 31.270 novos casos da doença, que é a primeira no mundo, desde 1985, tanto em incidência, quanto em mortalidade.

Leia também: Ana Maria Braga recebe homenagem da equipe da Globo: "Já passamos por isso"

Apesar da emoção que cercou o anúncio, essa não é a primeira vez que a mãe de Louro José passa por uma situação dessa, inclusive, em homenagem realizada pela equipe do “Mais Você”, a mensagem “já passamos por isso e vamos passar de novo” foi destaque.

Com base nisso, o Portal iG listou algumas vezes que Ana Maria superou grandes obstáculos diante das câmeras. Confira a lista. 

Câncer de pele em 1991

Ana Maria Braga arrow-options
Divulgação / TV Globo
Ana Maria Braga

Em 1991, Ana enfrentou um câncer de pele. Foi a primeira vez que ela foi diagnosticada com a enfermidade. ''Eu já tive câncer de pele. Na época da Itália tomava muito sol, era muito abusada. Hoje eu pago o preço por esse sol que tomei'', disse ela durante uma matéria do programa matinal da Globo

Câncer no reto em 2001

Ana Maria Braga arrow-options
Divulgação / TV Globo
Ana Maria Braga

Após uma década de ter vencido sua primeira batalha contra o câncer, Ana descobriu um tumor na região do reto e da virilha. À época, ela precisou se afastar do comando do programa para se tratar.

Em depoimento para o canal do Youtube “Vencer o Câncer'', a ela falou sobre como foi passar pelas sessões de quimioterapia e radioterapia.

''A radioterapia é diferente para cada pessoa, dependendo do lugar. No meu caso, em tecidos úmidos, como era o caso da minha região da vagina e baixo ventre, virou uma flor em carne viva. É como se eu sentasse numa chapa quente todo dia e aquilo ia piorando. Não tenho noção do que seja uma dor maior do que aquela. Nenhum remédio dopante conseguia tirar aquela sensação. É uma dor muito dolorida (risos). Mas mesmo sem poder andar, eu conseguia ter forças'', disse.

Câncer no pulmão em 2015

Ana Maria Braga arrow-options
Divulgação / TV Globo
Ana Maria Braga

Menos de cinco anos depois, em dezembro de 2015, a apresentadora tornou pública sua descoberta de um novo câncer, desta vez no pulmão.

“Em setembro fiquei na dúvida se falava, porque estava muito debilitada. Preferi estar mais forte, estar bem para falar como um alerta para todo mundo que quer viver mais e com mais saúde", desabafou ela, que aproveitou para falar sobre o hábito de fumar. 

''Além de ser uma droga poderosa, pode matar pessoas. E parar é muito mais difícil, porque as pessoas são dependentes. Fumei durante muitos anos e parei esse ano e em uma circunstância terrível. Eu precisei de ajuda, não sou de ferro, tenho problemas como qualquer um. Tomei remédio para parar de fumar, uso adesivos. Me maltratei muito. É um preço que eu pago".

Fígado esmagado em 2017

Ana Maria Braga arrow-options
Divulgação / TV Globo
Ana Maria Braga

Além do câncer, a contratada da Globo também já teve problemas de saúde gerados por outros fatores. Em 2017, por exemplo, em conversa com Tiago Leifert e Diana Gardbin sobre autoestima, ela relembrou um drama pessoal. 

Leia também: Ana Maria Braga se afasta e deixa o comando do "Mais Você" na próxima semana

Depois de uma fala de Daiana sobre aceitação do próprio corpo, Ana Maria Braga comentou que possui uma marca no abdômen, consequência de um acidente de carro. O caso aconteceu nos começo anos 80 e provocou uma hemorragia no órgão que teve que ser corrigida com vários procedimentos médicos. “Eu tenho uma cicatriz grande na barriga da operação que fiz depois de sofrer um acidente de carro. Eu esmaguei o meu fígado, perdi boa parte dele…”.

    Veja Também

      Mostrar mais