A novela “Amor de Mãe” segue emocionando o público e uma cena protagonizada por Camila (Jéssica Ellen) e Lurdes (Regina Casé) no capítulo de segunda-feira (13) deixou o público impactado. Isso porque, um desabafo da professora evidenciou o quanto o machismo, o racismo e a desigualdade social ainda é presente no Brasil.

Leia também: O que você achou? Com capítulo intenso, "Amor de Mãe" agrada

Reprodução/Globo
"Amor de Mãe" emociona com cena de Camila e Lurdes no hospital


Leia também: Em "Amor de Mãe", Camila leva tiro e é socorrida às pressas

Você viu?

Na cena de “ Amor de Mãe ”, Camila está no hospital lamentando por ter engravidado sem ter planejado. Sua mãe, Lurdes, tenta ajudar e diz para a filha, que levou um tiro tentando proteger seus alunos, que ela precisa ser forte. Então, a jovem professora começa a chorar e diz que ela está cansada, já que sempre precisou ser forte por ser mulher, negra e da periferia. Prepare o lencinho e assista:


Tanto os telespectadores quanto o elenco da trama ficou emocionado e comentou isso nas redes sociais. “Um momento nosso tão bonito e forte que a gente nem conseguia ler o texto porque se emocionava muito! Obrigada Jessica Ellen e Manuela Dias por terem tocado tanto o meu coração”, escreveu Regina Casé no Twitter.

Leia também: Novela da Globo exagera na cena de sexo e web não perdoa

“Morrendo de amor com Lurdes e Camila. Regina Casé e Jessica Ellen vocês são demais! Amo vocês!”, comentou Taís Araujo. “Esse diálogo de Lurdes e Camila foi tão bem escrito e tão bem interpretado. Acho um absurdo reclamarem que essa novela é ruim por ser muito realista. É uma novela incrível e necessária”, postou um telespectador. “Duas atrizes arrasando... texto impecável”, acrescentou outro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários