Tamanho do texto

Motivo da ação seriam os comentários feitos por Fábio Pannunzio nas redes sociais, onde ele disse que a Igreja Universal promovia raptos de crianças

Não é de hoje que Fábio Pannunzio, ex-jornalista da Band , chama atenção por suas declarações na internet. Recentemente ele foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo a pagar uma indenização de R$ 20 mil por danos morais ao bispo Edir Macedo. A informação é do Uol .

Leia também: Após saída de Fábio Pannunzio por infarto, Band reorganiza jornalismo

Band arrow-options
Divulgação
Band

Segundo apurado, o motivo do processo seriam os comentários proferidos pelo ex- jornalista da Band nas redes sociais. Nas declarações, que estão presentes em vídeo do canal TVI , de Portugal, Fábio Panunnzio sugere que a Igreja Universal do Reino de Deus, comandada por Edir Macedo , teria promovido uma rede de rapto de crianças com base em Lisboa. 

Leia também: Após infarto, jornalista Fábio Pannunzio deixa a Band

"Feitas essas considerações e levando em conta a repercussão dos comentários, a condição socioeconômica das partes e a razoabilidade e proporcionalidade da reprimenda, o valor da indenização deve ser fixado em R$20.000,00 para cada autor, quantia suficiente para reparar os abalos sofridos sem ocasionar enriquecimento sem causa", diz trecho do acórdão.

Fábio Pannunzio substituiu Ricardo Boechat no arrow-options
Reprodução/ Band
Fábio Pannunzio substituiu Ricardo Boechat no "Jornal da Band"

Leia também: Jornalista Fábio Pannunzio rebate mulher que o chamou de "nazista" 

Em setembro de 2019 Fábio anunciou sua saída da emissora da Família Saad. O ex- jornalista da Band alegou motivos de saúde. À época, ele sofreu um infarto.