Tamanho do texto

Durante edição do "Aqui na Band", apresentador mostrou-se infeliz com a maneira como a imprensa e os estudantes de jornalismo vem se portando

Luís Ernesto Lacombe causou polêmica, mais uma vez, ao comentar sobre o governo atual, liderado por Jair Bolsonaro (PSL). Durante o "Aqui na Band", o apresentador defendeu o presidente da república e deixou seus colegas visivelmente incomodados.

Leia também: Felipe Neto chama Lacombe de "patético" por desconfiar de garota na ONU

Luís Ernesto Lacombe arrow-options
Divulgação/Record
Luís Ernesto Lacombe


Tudo começou quando o assunto era a imprensa. Então Lacombe , que também é jornalista, afirmou que a imprensa atual é "militante e parcial". "Nenhum governo é 100% defensável. Mas eu percebo que o jornalistas, de um modo geral, omitem o que é bom e exageram no que é ruim", disse ele, fazendo referência a Bolsonaro .

Leia também: Jean Wyllys critica fala de Lacombe sobre morte de menina no Rio: "mediocridade"

"Isso me incomoda. Eu percebo um jornalismo militante, que infelizmente eu encontro nas faculdades de comunicação que eu faço palestra", continuou o apresentador da Band .



Leia também: Lacombe revela que “não pediu cabeça” de José de Abreu

Vale lembrar que essa não é a única polêmica que Lacombe se envolveu. Recentemente, o jornalista atacou a ativista Greta Thunberg, dizendo que o discurso da jovem é "alarmista".