No ar em “A Dona do Pedaço”, Deborah Evelyn esteve no “Encontro” desta segunda-feira (19) e defendeu sua personagem Lyris, que é a pegadora da novela das 21h da Globo. Quando questionada por Fátima Bernardes, se ela se surpreende com mulheres iguais a Lyris, Deborah não hesitou ao falar que é preciso ir atrás daquilo que se deseja.

Leia também: Maria da Paz é presa após atirar em Régis em "A Dona do Pedaço"

Deborah Evelyn defende sua personagem em
Reprodução/TV Globo
Deborah Evelyn defende sua personagem em "A Dona do Pedaço"

Leia também: Deborah Evelyn e Maria Ribeiro defendem Paulo Betti após acusação de racismo

“Sem vergonha e sem pudores, tem que ser feliz e ter prazer”, explicou Deborah Evelyn . A atriz também elogiou Walcyr Carrasco, por captar o consciente coletivo em sua personagem e ainda esclareceu que não tem nada de errado com Lyris e mulheres iguais a ela. “Se não tá fazendo mal a ninguém, qual é o problema?”, completou.

No palco do “Encontro”, Fátima Bernardes perguntou ao sertanejo Gustavo Mioto o que ele achava do assunto. “Acho muito legal esse empoderamento feminino, a mulher com essa coragem de fazer o que quer. E o bom dessa personagem é justamente incentivar as mulheres a falarem na cara o que querem”, comentou o cantor.

Leia também: Cássia questiona sexualidade de Agno em "A Dona do Pedaço"

Ainda no programa, Deborah Evelyn lembrou de uma cena de “ A Dona do Pedaço ” onde Gladys (Nathalia Timberg), sua mãe na trama, jogou na cara de Lyris que também havia traído o marido. “Eu não traí, porque eu tentei de tudo, ele não quis saber de mim. Ela não tinha o marido que ela queria”, contou a atriz. Na novela, a personagem de Deborah é uma socialite que foi rejeitada pelo marido, Agno (Malvino Salvador).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários