Com um começo inspirado em “Romeu e Julieta”, “ A Dona do Pedaço ” estreou na última segunda-feira (20) com Juliana Paes absoluta no papel principal. Walcyr Carrasco, seguindo a linha adotada em “O Outro Lado do Paraíso”, adotou o folhetim clássico e se apoiou na disputa entre duas famílias do interior, os Matheus e os Ramirez, com uma inimizade sangrenta.

maria da paz carrega um pano branco em cena de a dona do pedaço
Reprodução
"A Dona do Pedaço"

Tudo isso precisa mudar quando Maria da Paz (Paes) e Amadeu (Marcos Palmeira) se apaixonam a primeira vista e decidem se casar no seu segundo encontro. Eles forçam a família a um acordo de Paz (a relação com o nome da personagem não é nada sutil e serve como referência durante todo o capítulo de “ A Dona do Pedaço ”) que dura 100 dias.

No casamento de Paz e Amadeu, no entanto, alguém quebra esse acordo e o noivo leva um tiro no altar. Muito drama, muitas cenas de romance em paisagens bonitas e muitas mortes dão o tom shakespeariano para o capítulo.

Leia também: Jurada de morte, Maria da Paz foge para São Paulo em "A Dona do Pedaço"

Começo de novela costuma ter uma bela fotografia, aproveitando o tempo disponível para gravar em locais remotos e fazer cenas esteticamente melhores que o resto do folhetim. Portanto, não há como reclamar da beleza desse primeiro capítulo, que apostou totalmente em sua protagonista.

Juliana Paes , inclusive, criou com confiança sua Maria da Paz. A atriz é talentosa e usou o drama a seu favor, tanto para demonstrar sue amor por Amadeu, quanto para lidar com a briga entre as famílias, quando consegue reunir todos num mesmo ambiente.

Paz no mundo

paz segura amadeu baleado nos braços
Reprodução
"A Dona do Pedaço"

Como dito, o nome da personagem é usado de forma nada sutil ao longo do capítulo . Em determinado momento, ela vai à casa dos Matheus segurando um pano branco simbolizando, claro, a paz.

Quando diz seu nome pela primeira vez para Amadeu ele fica encantado: “Bonito nome, todo mundo tem que ter paz no coração”. Paz, no entanto, é o oposto de conflito e conflito é o que move as novelas, então podemos esperar que essa referência permaneça ao longo do folhetim.

Leia também: Estreia deixa "A Dona do Pedaço" nos trending topics mundial do Twitter

Embora bonito e bem dramático, o primeiro capítulo não reflete necessariamente o resto da novela, que se passará nos dias de hoje e na cidade grande, com intervenções que parecem não existir na pequena e fictícia Rio Vermelho. Ainda assim, “ A Dona do Pedaço ” teve um começo promissor e, se não apresentou algo original, pelo menos fez bem o clássico.  

    Veja Também

      Mostrar mais