Nesta quinta-feira (09) o "Melhor da Tarde", apresentado por Cátia Fonseca, recebe a apresentadora Mara Maravilha. Em sua participação, ela fala sobre o desgosto de ter sido retirada do júri do "Dez ou Mil", do "Programa do Ratinho" e de sua religião, que é a evangélica.

Leia também: Mara Maravilha estreia no "Programa do Ratinho" e alfineta Leão Lobo

Mara Maravilha e Cátia Fonseca
Divulgação / Band
Mara Maravilha e Cátia Fonseca




Leia também: Mara Maravilha destaca importância da família de Silvio Santos em sua vida

"Eu vim de programa infantil, que para mim é a melhor coisa do mundo. Me converti e hoje as pessoas veem que eu sou um ser humano. Eu sou crente, não sou demente", diz Mara Maravilha sobre sua religiosidade.

Sobre ser retirada do "Programa do Ratinho", a atriz-cantora não esconde a insatisfação:"Estava amando, me divertindo, do nada me tiraram. Em uma época em que eu precisava muito". Apesar da instabilidade dentro do SBT , ela reforça em conversa com Cátia Fonseca que sua relação com Silvio Santos, dono da emissora, é ótima: "Ele declara abertamente que é meu fã".

Leia também: Suspenso por causa de Mara Maravilha, Leo Dias rebate: "não faço questão"

Apesar de não abordar o assunto, as especulações que correm pelos corredores da emissora de Silvio Santos é que Mara Maravilha pode retornar ao "Fofocalizando". A artista foi remanejada após trocar farpas com Leo Dias sucessivas vezes. A confirmação ainda não foi feita, porém, com Lívia Andrade na liderança, o retorno seria, no mínimo, interessante.

    Veja Também

      Mostrar mais