O recurso do “quem matou?” é usado a exaustão pelas novelas hoje em dia. “O Sétimo Guardião” também decidiu apostar no recurso para dinamizar a trama, mas foi mais eficiente ao colocar um serial killer atrás de personagens específicos.

Leia também: “Preconceito é Incluir Uma Negra só Para Ter na Conta” Mila Carmo

Com mais destaque nas últimas semanas, Ondina (Ana Beatriz Nogueira) vai morrer em
Divulgação / Rede Globo
Com mais destaque nas últimas semanas, Ondina (Ana Beatriz Nogueira) vai morrer em "O Sétimo Guardião"

A ideia reascende o clima de suspense do começo da novela e tem, inclusive, gerado resultado nos números. No começo de abril “ O Sétimo Guardião ” teve sua melhor audiência, 34 pontos, e ao longo do mês tem conseguido se manter acima dos 30 de média.

Ainda assim, a curiosidade por descobrir quem está por trás dos assassinatos não supera um problema: ninguém se importa muito com quem morreu. Isso porque os guardiães foram mal explorados desde o começo e, com exceção do delegado Machado (Milhem Cortaz), nenhum teve uma história bem desenvolvida.

Você viu?

O que é uma pena, já que os personagens e sua relação misteriosa é um dos  pontos altos do folhetim. Na última semana, que recebeu a sentença do assassino foi Milu (Zezé Polessa), que antes disso teve poucos momentos de destaque. Junto com seu corpo um recado dizia: “faltam quatro”.

Dos guardiães ainda ativos porém, apenas dois têm histórias: Ondina (Ana Beatriz Nogueira) que se revelará mãe de Luz (Marina Ruy Barbosa) e Gabriel (Bruno Gagliasso), protagonista da novela . Tanto Aranha (Paulo Rocha) e Eurico (Dan Stulbach) podem partir que pouco mudarão na trama.

Aranha (Paulo Rocha) está na mira do assassino, mas personagem pouco faz diferença na trama
Reprodução
Aranha (Paulo Rocha) está na mira do assassino, mas personagem pouco faz diferença na trama

A escolha das mortes, inclusive, não faz muito sentido. Depois de Milu, Ondina deve ser a próxima vítima do assassino, bem quando sua história fica mais interessante e ganha mais destaque na trama.

Com previsão para terminar em cerca de um mês, esses assassinatos devem ocupar a história principal daqui em diante, junto com a fonte, que é de interesse de Olavo (Tony Ramos). Confusa, a novela vive mudando a motivação dos personagens, e isso também atrapalha a determinação do público em torcer por eles ou contra.

O Sétimo Gaurdião ” pode até ter evoluído com a história do serial killer, mas não o suficiente para fazer com que o público se importe com esses personagens a essa altura do campeonato.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários