Tamanho do texto

Jornalista estava nos Estados Unidos há quatro anos e usou as redes sociais para se despedir do país e relembrar alguns de seus momentos marcantes

Correspondente da Rede Globo nos Estados Unidos, Fabio Turci anunciou o término de seus trabalhos no país norte-americano, onde estava desde 2014. Em suas redes sociais, o jornalista relembrou algumas de suas coberturas marcantes e falou sobre o jornalismo.

Leia também: Gesto de William Bonner deixa internautas com a pulga atrás da orelha

Fabio Turci, correspondente da Globo nos EUA, volta para o Brasil
Reprodução/Instagram
Fabio Turci, correspondente da Globo nos EUA, volta para o Brasil


"Foram 4 anos, 3 meses e 13 dias como correspondente da Globo nos EUA. Estive em mais da metade dos 50 estados americanos. Viajei para cidades como Washington, Los Angeles, San Francisco, Chicago, Boston, Las Vegas, Filadélfia, Atlanta, Detroit, Dallas, Miami, Nova Orleans, Memphis, Nashville, Selma", escreveu  Fabio Turci .

"Termino minha jornada realizado, mas não consigo me imaginar um 'excorrespondente'. As experiências me transformaram para sempre --e reforçaram convicções. Volto ao Brasil ainda mais apaixonado pela minha profissão, consciente da nobreza e do potencial transformador do jornalismo e disposto a trabalhar por ele e por quem precisa", continuou.

Leia também: Globo anuncia a saída do jornalista Alexandre Garcia após 30 anos

Que alguns digam o contrário, que neguem os fatos, a História, a ciência, só reforça o quanto o jornalismo é vital. Bato no peito e digo: sou jornalista com muito orgulho", concluiu ele.

Fabio Turci, repórter da Globo
Reprodução/Instagram
Fabio Turci, repórter da Globo


Nos últimos anos, a Globo trouxe de volta do exterior jornalistas como  Rodrigo Bocardi, Roberto Kovalick e Márcio Gomes, que atualmente apresentam telejornais em São Paulo.

Turci completa 44 anos em fevereiro e entrou na Rede Globo em  2003. Ele começou em Bauru, interior de São Paulo, mas emplacou reportagens e coberturas nos principais telejornais da emissora, como o acidente aéreo que matou 199 pessoas, em 2007, o sequestro da menina Eloá, em 2008, e a vinda do papa Francisco ao Brasil, em 2013.

Leia também: Jornalista da Band sobe o tom e critica Leilane Neubarth: "é melhor se informar"

Através das redes sociais, alguns seguidores de  Fabio Turci mandaram mensagens de apoio e carinho ao jornalisa. "Grande jornalista, te admiro!", "Que Deus continue lhe abençoando, te dando Graça, sabedoria e principalmente amor para continuar nessa trajetória!" e "Pode se orgulhar do trabalho que realizou", foram alguns dos comentários.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas