Tamanho do texto

Emissora anunciou na tarde desta terça-feira (27) mudanças nas áreas de entretenimento e jornalismo, migração de programas e troca na direção geral de produção. Veja o que muda no eixo de poder do maior canal do País

A Globo anunciou nesta terça (27) a nova gestão de entretenimento , com direito a mudanças em seu núcleo de diretores e as responsabilidades que carregam. Eduardo Figueira, até então diretor de produção da emissora, está se despedindo da empresa após 40 anos de serviço. Seu lugar passa a ser ocupado em dezembro por Ricardo Waddington, que é diretor de Variedades e Multitelas atualmente. Eduardo acompanha o novo diretor de produção até maio do ano que vem.

Ricardo Waddington, atual diretor de Variedades, passa a assumir o cargo de diretor de produção em dezembro
Reprodução
Ricardo Waddington, atual diretor de Variedades, passa a assumir o cargo de diretor de produção em dezembro

Leia também: Globo publiciza regra de conduta para evitar engajamento político de jornalistas

Levando em conta o novo direcionamento que a Globo está dando, alguns diretores que já fazem parte de seu núcleo ganham novas responsabilidades. Enquanto Boninho dirige o gênero de Variedades, que inclui os programas de auditório, realities, games e musicais da emissora, o atual diretor-executivo do Jornalismo , Mariano Boni, deixa sua área de atuação para ingressar no entretenimento, tomando conta dos programas de entrevistas e os talk shows.

O matinal "Bem-Estar", que vem enfrentando sérios problemas de audiência, segue Boni e deixa a aba do jornalismo para passa a integrar o entretenimento da emissora.

A mudança do cargo de Mariano Boni gerou impacto em sua área. Seu posto passa a ser preenchido por Ricardo Villela, até então diretor regional da área jornalística da emissora, em Brasília. Villela foi convidado pelo próprio Ali Kamel, diretor-geral de Jornalismo. Já para o cargo de Villela, Kamel convidou Luiz Ávila, hoje editor-chefe do “Jornal Hoje”. Claudio Marques, editor-executivo do “Jornal da Globo”,  substitui Ávila no “Jornal Hoje”. 

Leia também: Ainda atrás da Netflix, Globo Play busca espectadores da Globo para emplacar 

Diretor-geral da Globo fala sobre as mudanças

Carlos Henrique Schroeder é o diretor geral da Globo
Divulgação/Globo
Carlos Henrique Schroeder é o diretor geral da Globo

Carlos Henrique Schrode, diretor-geral da emissora, distribuiu um comunicado anunciando as mudanças que envolvem a empresa. Sobre as novas diretrizes, dissertou: “A emissora tem se preparado nos últimos anos para as transformações e oportunidades que as mudanças no mercado de mídia estão nos trazendo".

Leia também: Um ano após saída da Globo, William Waack dispara: "um ninho de cobras"

O diretor-geral da emissora ainda trouxe à tona uma mensagem de motivação aos que exercem novos cargos: "E, aos que assumem novos desafios, desejo muito sucesso, para que sigam com suas vitoriosas trajetórias e para que nos ajudem a continuar escrevendo a história de crescimento e sucesso da Globo ".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.