Tamanho do texto

Durante o programa, o ator falou sobre a sua dependência química e os recentes problemas com a polícia, revelando que está em uma nova fase

Fábio Assunção no "Conversa com Bial" na última quarta-feira (31) falou sobre sua relação com drogas , prisão após uma confusão na cidade de Arcoverde, no sertão de Pernambuco, onde estava para o lançamento do documentário  Eu Sonho Para Você Ver , e as polêmicas com o seu nome nas redes sociais. Segundo o ator, ele está vivendo uma nova fase.

Leia também: Fábio Assunção fala de luta contra a dependência química: "Trabalho diário"

Fábio Assunção no
Reprodução/Instagram
Fábio Assunção no "Conversa Com Bial" fala sobre drogas, polêmicas e prisão


Fábio Assunção no "Conversa com Bial" falou que a sua dependência química está sob controle. "Já tive uso exagerado e uma relação obsessiva. É uma coisa que pode acontecer, você não sabe se o uso recreativo vai te levar a isso. Para mim esse assunto já foi, estou em outra fase. É um assunto muito recorrente, tem uma coisa de estigma que tenho que lidar".

Leia também: Fábio Assunção é detido após acidente com suspeita de embriaguez

Sobre o acontecimento durante a divulgação do seu documentário, o ator revelou detalhes, dizendo que na ocasião levou três chutes na cara e que se exaltou com a polícia pois no hospital estavam fazendo gravações suas sem o seu consentimento. 

"Eu já estava comemorando o fim das filmagens do documentário. Saí para fazer xixi lá fora, alguém chegou, teve uma discussão, briga, foi ruim. Levei três chutes na cara, rolei um barranco, as pessoas filmando. É muito cruel isso também. Você fica nessa impotência, num lugar que não era minha cidade, não conhecia ninguém ali, estava com a minha equipe desse doc, comemorando um trabalho", relembra. 

Fábio Assunção no
Reprodução/Instagram
Fábio Assunção no "Conversa com Bial", o ator estreia a peça de teatro Dogville

"Falei 'não quero ir para o hospital porque vão me filmar', porém eu fui pro hospital, mas uma pessoa saiu da UTI pra me filmar. Saí do hospital completamente desesperado. A gente chamou a polícia e ela achou que teria alguma confusão. Obviamente saí do tom, não tratei a polícia com respeito, gritei com eles. Imediatamente fui algemado, foi uma coisa muito violenta. Reagi, foi tudo errado", assume.

Conhecido por ser um dos famosos envolvidos em polêmicas, o ator contou que seu filho João, fruto do seu relacionamento com a atriz Priscila Borgonovi, o ajuda com os memes nas redes sociais. 

Leia também: Fábio Assunção discute com seguidor ao criticar machismo na Copa

"Sempre achei os memes ofensivos. Conversei com meu filho, falei que estava pensando em processar um deles e ele disse: 'pai, não faz isso não, é zoeira'. Vi que estava pegando pilha, levando a sério. Daqui a pouco alguém toma um porre na sexta e eu vou perder o título", diverte-se", conta  Fábio Assunção no "Conversa com Bial"

    Leia tudo sobre:
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.