Tamanho do texto

Glória Pires, Juliana Dávila e Eriberto leão foram alguns dos atores que não seguraram as pontas e decepcionaram em seus papeis na novela

“O Outro lado do Paraíso” prometia muito antes de sua estreia, e ficou claro que a novela pouco entregou. Uma das maiores deslizadas de Walcyr Carrasco depois da ótima “Verdades Secretas”, a história de vingança apresentou personagens ralos, diálogos ruins e cenas sem sentido.

Divulgação/TV Globo
"O Outro Lado do Paraíso" chega ao final em meio a críticas e atuações fracas. Confira as piores na lista a seguir

Nem mesmo com grandes atores no elenco foi possível contornar a situação, já que eles eram postos em situações difíceis. Por conta disso, separamos as cinco piores atuações de “ O Outro Lado do Paraíso ”, considerando apenas os personagens principais, por que entre os coadjuvantes, é mais fácil selecionar a dedo os que se saíram bem.

Leia também: Cinco vezes que "O Outro Lado do Paraíso" foi criticada por sua trama

Eriberto Leão – Samuel

Samuel
Reprodução/TV Globo
Samuel

Samuel é um gay reprimido, que inicialmente vive em negação. Então faz sentido que ele se comporte de maneira mais formal e série, sempre com “medo” de ser descoberto. Mas o personagem de Eriberto Leão foi tão mal desenvolvido, que sua atuação ficou rígida demais, deixando Samuel sem personalidade, praticamente expressando emoções somente em reação a outras atuações.

Leia também: Vergonha alheia! As piores histórias de “O Outro Lado do Paraíso”

Sérgio Guizé – Gael

Gael
Reprodução/Globo
Gael

Guizé não tem um imenso arranjo artístico. Mas o Gael é de longe um de seus piores personagens. Não existe construção de personagem e Guizé quase não mudou sua expressão facial por toda a trama. Com abusadores, é comum que depois de suas explosões de violência eles mostrem remorso. Mas Guizé não conseguiu mostrar nada com Gael.

Julia Dalavia – Adriana

Adriana
Divulgação
Adriana

Julia mostrou seu talento em “Os Dias Eram Assim” como uma jovem que contrai HIV. Apesar da supersérie ter seus problemas, a atriz conseguiu dar força a personagem e emocionou no papel. O mesmo não aconteceu com Adriana. De longe uma das personagens mais chatas da história, ela incomoda mais do que os muitos vilões da novela. Recrimina a mãe, que foi chantageada e passou a vida se escondendo, sofreu rejeição de Patrick e continuou insistindo no erro, desprezou Nicolau e nem mesmo a doença que a acometeu gerou empatia pela personagem.

Glória Pires – Duda/Beth

Duda/Beth
Divulgação/TV Globo
Duda/Beth

Glória Pires é uma grande atriz, isso ninguém duvida. Mas seu papel foi tão mal escrito que nem os maiores esforços do mundo transformariam Duda em uma boa personagem. Sendo assim, Glória largou mão e se tornou mais uma a replicar o texto sem nenhuma emoção.

Leia também: Cinco provas de que Duda/Beth é o pior papel de Glória Pires

Bianca Bin – Clara

Clara
Reprodução/Globo
Clara

A Globo insiste em colocar Bianca Bin como protagonista de novelas, mas raramente lhe dá a oportunidade de fazer papeis diferentes. Ela sempre faz a mocinha sofrida, que leva o folhetim inteiro para alcançar seu final feliz, e só passa por desgraça enquanto isso.

O Outro Lado do Paraíso ” levou esse conceito além. Clara sofreu abusos físicos e emocionais e, embora sua vingança tenha dado certa satisfação, ainda assim não deu muita nuance para a personagem que, quando não era extremamente boazinha, cometia atos de vingança cruéis como tirar o personagem de Samuel do armário da maneira mais desrespeitosa possível.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.