Tamanho do texto

Karol Barbosa participou do programa "Os Donas da Bola", da TV Goiânia, na última quarta-feira (21) e ficou desconfortável com perguntas feitas; veja

Karol Barbosa , recém-eleita como musa do Goiás Esporte Clube, participou do programa esportivo "Os Donos da Bola" , da TV Goiânia, que chamou atenção negativa para um assunto que extrapola o universo esportivo. Na quarta-feira (21), o apresentador Beto Brasil realizou uma entrevista com a bela e a surpreendeu com perguntas de cunho sensual.

Leia também: Depois de estampar capa da Sexy, Luanda Fraga tira a roupa em novo ensaio

Musa do Goiás é constrangida ao vivo
Reprodução/Twitter
Musa do Goiás é constrangida ao vivo


A musa do Goiás foi questionada com perguntas do tipo “Se seu nutricionista mandar você chupar uma laranja por que faz muito bem para a saúde, você chuparia um saco por dia?”, “Você é uma musa aberta às colocações dos outros? “Em um clássico contra o Vila, se o juiz põe pra fora, você mete a boca?”. Desconfortável com a situação, Karol tentou se esquivar. "Essa frase aí não ficou muito boa não”. No vídeo é possível ver a torcedora visivelmente nervosa.

Leia também: Juju Salimeni defende nudez no carnaval e fala de tapa-sexo: "Só cai se quiser"


Nota de repúdio

Em seu site oficial, o Goiás Esporte Clube escreveu uma nota de repúdio. Veja:

 "O Goiás Esporte Clube se sentiu ultrajado com a maneira desrespeitosa e constrangedora com que a senhorita Karol Barbosa, eleita recentemente Musa Esmeraldina 2018, foi tratada no programa “Os Donos da Bola”, da TV Goiânia, afiliada da Rede Bandeirantes de Televisão, nesta quarta-feira, 21.

É, no mínimo, inquietante que um veículo de comunicação, que deveria contribuir com o crescimento cultural da sociedade, difunda pensamentos tão retrógados, que remetem a mulher como objeto, um típico comportamento preconceituoso, antiquado e degradante.

O clube esmeraldino se posiciona totalmente contrário a atitude absurda do programa “Os Donos da Bola” e reitera seu comportamento em busca de respeito ao ser humano, independente do gênero.

Tanto que, no último fim de semana, o Goiás esteve representado pelo gestor de marketing, João Grego, e pela supervisora de marketing, Jéssica Rezende, no 1º Seminário de Mulheres Esmeraldinas, evento pioneiro na região Centro-Oeste, que discutiu exatamente a importância da participação feminina no futebol, em especial no Goiás Esporte Clube.

Não é somente o futebol que não aceita mais estes comportamentos desrespeitosos com as mulheres, a sociedade em geral tem se posicionado de maneira firme contra aqueles que insistem em agredir de maneira grosseira o gênero feminino.

O Goiás Esporte Clube, através de seu departamento jurídico, tomará todas as medidas cabíveis visando a devida apuração dos fatos".

Não foi a primeira vez

Assim como a musa do Goiás, a musa do Vila Nova, rival do Goiás, também passou pela mesma situação contrangedora no programa da TV afiliada a Bandeirantes. Veja:


Leia também: Viviane Araújo repete São Paulo e é musa preferida do público no carnaval do Rio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.