Tamanho do texto

Nova produção nacional estreia no Disney Channel nesta segunda-feira (3); leia as entrevistas com André Lamoglia, Eike Duarte e Larissa Murai

O surfe vive um excelente momento no Brasil há alguns anos, principalmente desde que Gabriel Medina se tornou o primeiro brasileiro a ser campeão mundial da modalidade, em 2014. Aproveitando a onda, a Disney lança nesta segunda-feira (3) a série "Juacas" , com uma trama focada em jovens surfistas.

Leia também: Mesmo sem falar espanhol, brasileiro entra para o elenco de nova série da Disney

A série brasileira
Divulgação/Disney Channel
A série brasileira "Juacas" estreia no Disney Channel nesta segunda-feira (3)

A trama de "Juacas" gira em torno de um campeonato de surfe disputado em Itacaré, na Bahia, onde a série teve seus 26 episódios gravados no ano passado. As três equipes principais são os Juacas, os Red Sharks e as Sirenas. Entre os protagonistas, estão  André Lamoglia , Eike Duarte e Larissa Murai , que conversaram com o iG sobre as gravações e mostraram sua animação.

"Não é só o tipo de série que a gente ia gostar de assistir quando jovem, mas vamos gostar de assistir agora", confessou André Lamoglia, que interpreta Rafa Smor. "É uma série que tem conteúdo, envolve vários fatores e isso te prende", explicou.

Seus colegas seguem a animação. "Sou suspeita para falar, mas é gravado de maneira muito linda. As músicas combinam demais, o cenário não precisa falar nada, é só a Bahia", disse Larissa Murai, a intérprete de Leilane.

Leia abaixo a entrevista completa com os atores de "Juacas":

iG: Como vocês chegaram à série?
Eike Duarte:  Fizemos uma seleção de vídeos, tivemos de mandar dois vídeos: um se apresentando e outro com o monólogo de qualquer personagem. Eu fiz por Marcelo e pro Rafa Smor. Depois, fizemos uma bateria de testes no estúdio. Foi no Brasil inteiro. Aí a gente foi passando de fases.
André Lamoglia:  Eu tive uma mais. Além disso tudo, eu tive um callback, eu e mais uns quatro atores. A gente teve de vir pra São Paulo.

iG: Como foram as gravações?
Larissa Murai:  A gente gravou 26 episódios no ano passado, em Itacaré. A gente morou uns 5 meses na Bahia e teve coaching em Florianópolis.

iG: Vocês mesmos gravaram as cenas de surfe?
André Lamoglia:  As cenas de surfe têm que ter dublê. Os personagens surfam muito, nível profissional, então seria uma falta de respeito com o esporte botar a gente pra fazer de verdade. Tem que ter bastante performance dentro da água e isso tem que ser um atleta profissional.

iG: Era muito desgastante gravar no mar?
André Lamoglia:  Depende muito do esforço físico. Gravar no mar era muito desgastante. Quando você está no mar pra surfar é uma coisa, mas quando é para gravar, foi uma das maiores dificuldades. Fazer a cena no mar não depende só de você. E o lance de eu ficar boiando no alto mar, com a câmera no jet-ski, eu ficava enjoado com o cheiro. Se na terra já é difícil, imagina no mar.
Larissa Murai:  Tinha semana de mar. Eles pegavam duas semanas e só gravava mar. Não tinha nenhuma cena externa, nem nada. A gente ficava muito tempo.

Leia também: Com Messi e CR7 mirins, Disney celebra o futebol latino em série empolgante

Eike Duarte, Larissa Murai e André Lamoglia estão em
Divulgação/André Brandão & Ricardo Carioba
Eike Duarte, Larissa Murai e André Lamoglia estão em "Juacas", nova série da Disney

iG: Qual era a relação de vocês com o surfe?
Larissa Murai:  Eu já surfava. Antes da série, eu tinha uns dois anos de surfe. Meio atrasado em comparação com as pessoas que começam desde cedo.
André Lamoglia:  Eu tive um pouco de contato antes da série, mas nada muito frequente. Depois do projeto, que a gente começou a fazer aula, eu tomei gosto e até hoje pratico.

iG: Como a série se encaixa nesse boom do surfe no Brasil?
Larissa Murai:  A série é composta por vários ícones do surfe, até os mais antigos, como o Teco Padaratz, que é ator da série. Ele é muito do meio, competiu, introduziu o surfe brasileiro no Circuito Mundial.
André Lamoglia:  A gente conviveu bastante com o Teco e ele falava que se reconhecia em muitas das histórias. Ele é um surfista profissional e se reconhecia lendo o roteiro. Ele falava "caramba, é assim mesmo, passava por esses perrengues mesmo". É real mesmo.
Eike Duarte:  O Mineirinho, o último brasileiro campeão, também faz uma participação na série. É uma honra muito grande representar o surfe.

iG: Qual é a importância de uma série sobre esportes voltada para crianças?
Eike Duarte:  É um incentivo muito legal de praticar um esporte, de ser saudável. O surfe requer uma alimentação regrada, estar bem com o corpo, com a mente. É um esporte que traz muita paz e muita paciência. É um esporte que faz crescer como ser humano e poder acompanhar isso desde criança é muito importante.
André Lamoglia:  O surfe não depende só de você. Não é tipo o futebol, que tem a quadra, você chama os amigos e vai jogar. No surfe, você depende da natureza. Se não for dia de surfe, você não vai surfar, não adianta. Na série, tem o lance do surfe que incentiva a praticar esporte, mas também tem o lance da amizade. O surfe traz tudo isso, te dá outros valores.
Larissa Murai:  É um estilo de vida. Muita coisa passa a girar em torno disso. Você viaja pra surfar, você come, mas está pensando em estar bem para surfar mais tarde, você se veste de uma certa maneira. Você cria uma humildade, um respeito pelo mar que é muito importante. Se você não respeitar, não tem como surfar. Muita gente que quer começar, a partir do momento que assiste à série, dá uma vontade maior.

iG: Como é trabalhar para a Disney?
Eike Duarte:  A gente sempre assistiu muito Disney. Sempre fui apaixonado por "Rei Leão", "Toy Story". Poder trabalhar na Disney me deixa muito feliz, é um sonho realizado.
André Lamoglia:  Quando eu era pequeno, acompanhava a Disney e gostava muito dos programas. Participar é muito gratificante.
Larissa Murai:  Sempre remete a magia, é muito incrível, muito lindo. A série reflete isso, é muito lindo, o cenário é incrível, a fotografia é incrível. Além disso, tem conteúdo, não é uma historinha. Você fica engajado. Atinge desde uma pessoa mais velha às crianças.

Leia também: Com história de amizade e robôs, Disney traz "Mech-X4" para o Brasil

Larissa Murai é Leilane em
Divulgação/André Brandão & Ricardo Carioba
Larissa Murai é Leilane em "Juacas"

iG: Mas vocês sentem uma responsabilidade maior agora que provavelmente vão virar modelos para as crianças?
André Lamoglia:  A Disney tem muito esse lado cuidadoso com os atores, eles prezam muito pela imagem que os atores estão passando para o público. Eu acho isso super importante. A partir do momento que você é uma pessoa pública, você tem que tomar cuidado.

iG: Esse é o tipo de série que vocês iam gostar de assistir quando mais jovens?
André Lamoglia:  Não é só o tipo de série que a gente ia gostar de assistir quando jovem, mas vamos gostar de assistir agora. Meu pai vai assistir. É uma série que tem conteúdo, envolve vários fatores e isso te prende.
Larissa Murai:  Sou suspeita para falar, mas é gravado de maneira muito linda. As músicas combinam demais, o cenário não precisa falar nada, é só a Bahia. O elenco é muito entrosado, a gente virou uma família, e isso passa para as pessoas. Juntou tudo de bom e saiu Juacas.

iG: Qual é a importânica de ter uma menina no elenco principal?
Larissa Murai:  O campeonato são praticamente só meninos e o surfe, hoje em dia, é bem melhor distribuído. Mas é muito importante para as meninas também verem surfistas meninas que não tem diferença. A gente compete com os meninos, não tem diferença de gênero, o que eu acho muito legal. Desde pequena, sempre fui muito chata nesse quesito, então fazer esse papel de mostra a igualdade é muito importante. Na série tem vários momentos em que ela fica irritada por causa disso. Mostra que no final é tudo igual mesmo.

iG: O que vocês esperam para o futuro?
Eike Duarte: A gente quer fazer mais temporadas.
Larissa Murai:  O negócio é não criar expectativas. O que vier é lucro. O que a gente já fez foi maravilhoso. O que vier é lucro. A gente aprendeu muito, contracenou com atores incríveis, viveu uma vida muito boa e simples na Bahia.

A série "Juacas" estreia nesta segunda-feira (3), às 19h, no Disney Channel.